Resenha A Fera


Titulo: A fera
Ano de lançamento: 2011/ edição 1
Autora: Alex Flinn
Editora: Galera
Páginas: 320
Sinopse:Eu sou uma fera. Uma fera. Não exatamente um lobo, ou um urso, um gorila ou um cão, mas uma terrível criatura que anda em duas patas — uma criatura com dentes e garras e pelos surgindo de cada poro de minha pele. Sou um monstro. Você acha que estou falando de contos de fada? De jeito nenhum. O lugar é Nova York. O momento é agora. Não sofro de uma deformidade ou uma doença. E vou ficar dessa forma para sempre — destruído —, a não ser que possa quebrar o feitiço. Sim, o feitiço, aquele que a bruxa da minha aula de inglês lançou sobre mim. Por que ela me transformou em uma besta que se esconde durante o dia e rasteja à noite? Vou lhe contar. Vou lhe contar como eu costumava ser Kyle Kingsbury, o cara que você gostaria de ser, com dinheiro, beleza e uma vida perfeita. E aí vou contar como me tornei... a fera. Alex Flinn adora contos de fada e fez suas duas filhas aguentarem dezenas de versões de A Bela e a Fera enquanto escrevia este livro... E aí perguntou a elas como uma fera agiria para encontrar uma garota em Nova York. É autora de outros cinco livros, vencedores de vários prêmios norte-americanos. Ela mora em Miami.

Resenha

Eu já tinha visto o filme quando li o livro, e pelo filme já dava para perceber que o livro seria bem melhor. Kyle Kingsbury é um daqueles “caras” filhinhos de papai rico e famoso que se acham melhores que todo mundo. Ele é um garoto popular e lindo, daqueles que sempre são eleitos como Rei Do Baile, e que adora mostrar a sua beleza exterior para as pessoas, julgando as pela aparência.

Desde o começo eu já me irritava muito com o Kyle, aquele jeitinho nojento de “Sou lindo e melhor que todo mundo” dava até nojo. Quando uma bruxa joga um feitiço nele, transformando ele em uma fera, é aquele momento em que você pensa “Até que enfim!”. O feitiço só poderia ser quebrado se Kyle achasse alguém que o amasse de verdade e o beijasse (mas ele teria que amar essa pessoa também, e ele tinha dois anos, ou ficaria fera para sempre)

A mãe de Kyle o abandonou quando ele ainda era criança, e o pai dele sempre esteve ocupado demais trabalhando e se preocupando com sua beleza, e não dava atenção para o menino, até que Kyle vira a fera, então seu pai, com medo do que as pessoas vão pensar se virem que seu filho “super-lindo-igual-ao-pai-super-famoso-e-rico” virou uma fera horrível e enorme, corre atrás de médicos de todo o país. Quando descobre que esse esforço todo não valeu a pena, ele contrata um professor particular com deficiência visual ( olha só, nem o professor podia ver a fera) chamado Will e “aprisiona” seu filho em uma casa, no bairro Broklyn, junto com a empregada Magda.

Ao passar do tempo, Kyle começa a se apaixonar por flores, e junto com Will, eles constroem uma estufa sobre a casa de cinco andares onde moram.Como nas historias típicas de A bela  e a fera, o pai de bela acaba roubando alguma coisa da fera, e normalmente, é uma flor.No livro não podia ser muito diferente, mas o pai da nossa “bela” que se chama Lindy, é um completo drogado sem noção e irresponsável( não estou sendo grossa não) Quando ele tentou assaltar a casa de Kyle para comprar drogas, não pensou duas vezes ao oferecer, isso mesmo, ele ofereceu sua filha sem a menor compaixão á fera, que acabou aceitando.E é nesse momento que vocês perguntam : Porque ele aceitou a garota? Simples, ele precisava amar alguém e esse alguém precisaria amá-lo, nada mais fácil do que trazer uma garota para sua casa e conquistá-la, já que ele não podia sair de casa sem que as pessoas gritassem: Monstro!
 ‘ Mas como que a menina vai se apaixonar pelo cara que está aprisionando ela?’

Acontece que, apesar de Kyle ter “aprisionado” ela, ele também a ajudou muito, comprou livros, roupas, flores (que ele mesmo plantava) e fez de tudo para que Lindy ficasse feliz, e se apaixonasse por ele.
Com o tempo, Kyle foi percebendo que estava se apaixonando pela menina, mas percebia também, que ela sentia falta da liberdade.

Esse é um daqueles livros que toca bem no fundo do coração. Apesar de Kyle ter sido um babaca quase o livro todo, dá até um pouquinho de dó, porque, fala sério, ele não podia sair nas ruas que as pessoas gritavam e corriam, nem o pai dele gostava mais dele... Lindy foi a personagem que me agradou desde o comecinho, desde a parte em que ela apareceu..primeiro, ela A-M-A-V-A ler ( rsrsrsrs) segundo, ela nunca se importou com a aparência de Kyle-Fera, nem mesmo quando ele se irritava e mostrava aquelas garras enormes, e mesmo depois de tudo o que ela passou com seu pai, ainda se preocupava muito com ele.

A mensagem que Alex Flinn passa é muito importante, porque, quem nunca olhou para alguém e pensou “Que pessoa feia?!” ou sei lá o que, mas não sabe como a pessoa é, como o caráter dela é, nem mesmo sabe se é melhor que ela...Não podemos julgar as pessoas pela aparência, Kyle aprendeu a lição quando foi transformado em fera ( assim como o príncipe em a Bela e a fera) mas nós não precisamos de um feitiço para abrir nossos olhos precisamos?
MilkMilks
Dryh Meira

Resenha Fallen


Titulo: Fallen
Autora: Lauren Kate
Editora: Galera
Páginas: 401
Edição: 1
Lançamento: 2010
Sinopse: Há algo estranhamente familiar em Daniel Grigori. Misterioso, ele captura a atenção de Luce Price desde o momento que ela o vê em seu primeiro dia no internato Sword & Cross, em Savannah, Georgia. Ele é o único brilho em um lugar onde celulares são proibidos, os outros alunos são toscos e câmeras de seguranças acompanham todos os movimentos. Mesmo que Daniel não queira nada com Luce, e faz com que isso fique bem claro, ela não consegue deixar pra lá. Atraída por ele como uma mariposa é atraída por uma chama, ela tem que descobrir o que Daniel está tão desesperado pra esconder, mesmo que isso possa matá-la.

Resenha

Luce estava lá quando um amigo por qual ela estava apaixonada morreu. Ela estava lá quando tudo começou a pegar fogo, mas ela desmaiou e não viu nada. Mas quem acreditou? Mandaram – na para um reformatório, onde adolescentes problemáticos e loucos ficam por muuito tempo. Mas Luce não provocara aquele incêndio, ela só estava lá, e sobreviveu.

Tinha começado bem inocentemente, só dois adolescentes indo dar uma volta perto do lago, mas não demorou até que Luce começasse a sentir as sombras espreitando sobre os dois. Então os lábios de Trevor tocaram os dela, o calor invadiu seu corpo, e os olhos dele ficaram brancos de medo...segundos depois, a vida que ela conhecia tinha virado cinzas” – página 71

Lá Luce conhece novos amigos, e também o misterioso Daniel, por quem se apaixona desde o primeiro momento. Mas Daniel é bem misterioso, e sempre que Luce o vê ou está perto dele, ela fica paralisada, e quando eles se tocam, sente seu corpo pegando fogo.

Imaginei que Fallen se tratasse de dois anjos que se apaixonaram, mas me enganei... Mas não completamente. Luce quase sempre viu sombras, são como espíritos que vivem rondando por aí, principalmente em lugares escuros, e é por isso que ela tentava evitar esses lugares, para não se encontrar com esses “seres” desprezíveis, mas na “escola” nova, Luce encontra várias sombras, aonde quer que ela vá, as sombras estão lá, perambulando sobre as cabeças das outras pessoas. Mas quando Daniel está por perto, Luce percebe que as sombras se afastam como se tivessem medo dele. Existem sim, anjos no livro, mas não Luce.

Apesar de tudo, gostei muito da narrativa. A leitura flui muuito rápido. Abri o livro e quando fui ver já estava na metade, nem percebi que lia tão rápido. Luce é uma personagem da qual eu gostei, mas também me irritei muito. Além de Daniel, Luce também “se apaixona” por Cam, um garoto super cavalheiro, do qual eu gostei muuito... rsrsrs...Mas acontece que, quando está perto de Cam, Luce não se sente tão bem, quanto quando está com Daniel.

Luce me pareceu uma personagem bem forte no começo, corajosa e durona, daquelas “não mexa comigo que eu não mexo com você”, e foi por esses motivos que eu gostei dela. Mas quando foi “criando laços” com Daniel, ela começou a ficar medrosa, perdeu o jeito de durona, e foi ficando cada vez mais irritante, o que quase me fez largar o livro. Mas a curiosidade foi beem mais forte. Lauren Kate também mostra que nunca devemos confiar nas pessoas mais boazinhas, pois elas podem estar fingindo, e te apunhalar pelas costas assim que você sorrir.

A autora conseguiu criar uma história bem interessante, que vai ficando cada vez mais cheia de segredos, e que prende o leitor do inicio ao fim das páginas, e que cada vez mais nos faz ansiar por terminar de ler Fallen e começar Tormenta.

MilkMilks
Dryh Meira

Resenha Sangue Quente

Titulo: Sangue quente
Autor: Issac Marion
Editora: Leya
Páginas:252
Edição:1
Lançamento:2010
Sinopse: R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos. Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. Assustador, engraçado e surpreendentemente comovente, Sangue Quente fala sobre estar vivo, estando morto, e a tênue linha que os separa. 


Quod tu ES, ego fui
Quod ego sum, tu eris

Resenha

Um dos meus temas favoritos são zumbis.
Gosto tanto dessas criaturas horrendas que fico torcendo para que o mundo acabe com o Apocalipse Zumbi... rsrsrs...

O mundo está praticamente acabando, os zumbis estão dominando e os humanos que ainda restam estão escondidos em alguns esconderijos.
R é um zumbi que está no estágio inicial, ou seja, não está com os ossos nem os órgãos aparecendo.

Ele conhece Julie, e por mais estranho que pareça, ele se apaixona por ela.É aí que o leitor pensa “ Como um zumbi pode se apaixonar por uma pessoa Viva?” Pode acontecer ué.No começo eu não gostei muito de R ( ele só lembra que seu nome começa com R ) Mas fui percebendo que ele era muito diferente dos outros zumbis.Ele odiava matar pessoas para sobreviver, e quando conheceu Julie, até parou de comer carne humana.Ele fez de tudo para protegê-la, inclusive brigou com muitos outros zumbis por ela.

Percebi que Julie também começa a gostar de R, primeiro como amigo, depois algo a mais.
Só que R guarda um segredo que pode deixá-la furiosa com ele.

Quando um zumbi morde uma pessoa Viva, essa pessoa se contamina e acaba virando um zumbi. Mas se o zumbi comer o cérebro da pessoa, o que acontece na maioria das vezes, a pessoa morre mesmo, não vira zumbi. E o zumbi que comeu esse cérebro revive as memórias e lembranças da pessoa cujo cérebro pertencia.

“ – Tem uma teoria de que vocês comem os cérebros porque conseguem reviver a vida da pessoa.É verdade?”
Página 66

Comecei a gostar muito do relacionamento dos dois, eles pareciam super a vontade um com a presença do outro, e isso era muito cute

“Ela se estica e coloca uma margarida nas minhas mãos e então solta uma risadinha.Demoro um momento para perceber que pareço um cadáver em um funeral”
Página 84

Quando terminei o livro, quando estava andando na rua ficava olhando para trás para ver se não tinha nenhum zumbi me seguindo... hahaha...muito bobo mesmo.

Mas sério, gostei muuito de R mesmo..Ás vezes ele parecia uma criança, por que o cérebro dele já estava apodrecendo, então ele ficava meio “dãã” e era bem engraçado o jeitinho dele falar.

Já Julie desde o começo já teve aquele jeitão meio moleque, aquele jeito de brigona. Mas mesmo assim gostei muito dela.
Esse foi o melhor livro de Zumbis que eu já li... Só que eu ainda não li The walking dead, então, por enquanto ainda é o melhor.

Existem no livro, dois tipos de zumbis... Os Carnudos, que são como R, e os Ossudos. É como se fosse uma pirâmide de castas, no topo ficam os Ossudos, no meio os Carnudos e por fim os humanos. Os carnudos são meio dependentes dos Ossudos, que são bem mais rápidos e mais fortes, por isso obedecem tudo o que eles dizem... Mas quando R conhece Julie tudo isso muda, e ele muda tuuudo mesmo.


MilkMilks
Dryh Meira

Resenha Ecos da morte


Bom dia pessoal, tudo bem?

Esse é o segundo post de hoje, a segunda resenha, postei duas pois esses dias estou lendo muito rápido, e como tem muuitas resenhas prontas aqui para serem postadas, eu pensei em postar duas no mesmo dia, para que não fique muita coisa. Vou fazer uma enquete para vocês escolherem a próxima resenha, lembrando que a mesma pessoa pode votar em mais de uma alternativa.


Titulo: Ecos da morte
Autora: Kimberly Derting
Editora: Intrínseca
Páginas: 270
Lançamento: 2011
Edição: 1
Sinopse: Violet Ambrose tem dois problemas – o dom mórbido e secreto que carrega desde a infância e Jay Heaton, seu melhor amigo, por quem está apaixonada. Aos dezesseis anos e confusa com os novos sentimentos em relação a Jay, ela começa a ficar cada vez mais incomodada com sua estranha habilidade – Violet encontra cadáveres. Desde pequena ela percebe os ecos que os mortos deixam neste mundo. Ruídos, cores, cheiros. Mas não todos, apenas os das vítimas de assassinato. Para ela, isso nunca foi um grande talento. Na maioria das vezes, tudo o que encontrava eram pássaros mortos, deixados para trás pelo gato da família. Mas, agora que um serial killer está aterrorizando a pequena cidade onde mora e os ecos das garotas assassinadas a perseguem dia e noite, Violet se dá conta de que talvez seja a única pessoa capaz de detê-lo. Em pouco tempo ela estará no rastro do assassino. E ele, no dela.

Resenha

Violet tem um dom, desde pequena ela consegue ouvir ecos de pessoas e animais mortos. Mas só aqueles que foram assassinados, das pessoas que morreram de alguma doença ou de velhice não.

Quando tinha oito anos ela encontrou o corpo de uma menina, e desde então, quando sente um cheiro estranho que ela reconhece, sabe que vai encontrar outro corpo.
A maioria das pessoas que de alguma forma acabou assassinando pessoas, principalmente policiais, emitem o mesmo cheiro e um eco.

Já no comecinho do livro já senti um calafrio... Imagine só você andando por aí, e acaba encontrando um corpo?
Violet acabou herdando esse dom de sua avó, e só seus pais, seu tio e seu melhor amigo Jay sabem disso.

Por falar em Jay, eles sempre foram melhores amigos, daqueles em que você confia tudo, mas há algum tempo Violet vem sentindo coisas estranhas quando está perto dele, e acha que está apaixonada pelo seu melhor amigo. Mas isso não pode acontecer, porque se estiver mesmo acontecendo, a amizade deles pode acabar para sempre, e eles nunca mais serão os mesmos.

Acontece que Jay também sente a mesma coisa por ela, e vai ser meio difícil os dois esconderem seus sentimentos um do outro.
Devorei esse livro o mais rápido que eu pude, mal via a hora de chegar logo no final.

Um homem está seqüestrando meninas nas cidades próximas, e Violet é a única que pode ajudar a encontrar esse homem, pois ele emite um eco e um cheiro muuito forte, pois carrega as marcas de todas as meninas que já matou e já ajudou a matar.

Mas também Violet é meio irresponsável, não pensa muito antes de fazer as coisas. Só vai se jogando de cara nos problemas, sem pensar antes nas conseqüências que isso tudo pode causar. Isso irrita ás vezes, mas Jay me encantou desde o começo. Sempre protetor, nunca queria que Violet estivesse sozinha

Até fiquei com medo do assassino por ela, pois ele sabia onde ela estava, ficava sempre seguindo ela, e como Violet não “presta muito atenção” em certas coisas, corria um perigo muito grande.

Além de Jay, ela tem como amigas Chelsea, Jules e Claire. Gostei muito dessas meninas, apesar de elas transparecerem mais bagunceiras e hilárias que protetoras e leais.

O tema do livro é bastante comum na maioria dos países, homens que seqüestram meninas inocentes de faixas etárias entre 10 e 20 anos, e depois as matam, desovando os corpos em lugares afastados, como florestas, lagos e etc.

Tive pena de Violet, com todo esse peso do dom sobre suas costas, sempre encontrando seres mortos, deve ser muito frustrante e assustador.



MilkMilks
Dryh Meira

Resenha A arte da imperfeição


Titulo: A arte da imperfeição
Autora: Brené Brown
Páginas:184
Editora: Novo Conceito

Sinopse
Este importante livro é sobre a jornada de uma vida, deixando de se preocupar com "O que os outros vão pensar?" e acreditando que "Eu sou suficiente". A habilidade ímpar da autora em misturar pesquisa original com relatos faz com que a leitura de A Arte da Imperfeição pareça uma longa e animadora conversa com uma amiga muito sábia que oferece compaixão, sabedoria e ótimos conselhos. A cada dia nos deparamos com uma enxurrada de imagens e mensagens da sociedade e da mídia nos dizendo quem, o que e como devemos ser. Somos levados a acreditar que, se pudéssemos ter um olhar perfeito e levar uma vida perfeita, já não nos sentiríamos inadequados. E se eu não posso manter todas essas bolas no ar? Por que não é todo mundo que trabalha duro e vive às minhas expectativas? O que as pessoas vão pensar se eu falhar ou desistir? Quando posso parar de provar a mim mesmo? Em A Arte da Imperfeição, Brené Brown, Ph.D, é uma especialista em vergonha, autenticidade e compartilha a coragem que aprendeu em uma década de pesquisas sobre o poder de viver sinceramente.


“Abandone a pessoa que você acha que deve ser e seja você mesmo”

Resenha

Você já imaginou quantas vezes sentiu vergonha?
Você sabe quem você realmente é? Ou é apenas quem as pessoas querem que seja?
Nesse livro, o leitor vai refletir sobre vários assuntos: vergonha, compaixão, amor, saúde mental e espiritual, perfeição, valor, descanso, paz, critica, fé, entre outros.
Quando eu comecei esse livro, pensei “por que estou lendo esse livro?” mas continuei lendo assim mesmo.
Me surpreendi, nunca pensei que alguém pudesse ter tanta razão em relação a um assunto.
Brené Brown é uma excelente escritora, ela até já apareceu no programa da Oprah *O*
Muitas vezes as pessoas são criticadas, e acabam achando que não são boas o suficientes, que são inúteis, que não tem o direito de ser feliz, mas a critica muitas vezes pode abrir os olhos, você percebe que apesar de estar sendo criticado, também está sendo elogiado.

“ Escrever nossa própria história pode ser difícil, mas não é tão duro quanto passar a vida fugindo dela.Aceitar nossas vulnerabilidades é arriscado, mas não é tão perigoso quanto desistir do amor, do pertencimento e da alegria, que por outro lado, são as experiências que nos deixam mais vulneráveis.Somente quando tivermos coragem suficientes para explorar a escuridão, descobriremos o poder infinito da nossa luz”
                                                                                    Página 25

Com palavras inteligentes e de efeitos muito grandes, Brené explica como muitas pessoas, e também como ela, conseguiram lidar com problemas sociais, e como ninguém, nunca poderá ser perfeito, jamais houvera alguém perfeito. A perfeição é impossível, todos nós erramos, pois somos humanos, para ser perfeito, não se pode errar. Nós todos precisamos aprender a viver sem nos importar com o que os outros dizem e pensam.
Precisamos pensar positivo:

[...]“Não importa o que eu faça ou deixe de fazer, eu sou suficiente.”
                                                                        Página 19
Depois de anos estudando sentimentos e emoções, Brené percebeu que os nossos sentimentos são na maioria das vezes influenciados pela opinião das pessoas.
Brené explica que felicidade e alegria são diferentes, sermos felizes e alegres, demonstrarmos gratidão, ajuda nossa espiritualidade e também a alma.

“Dance como se ninguém estivesse vendo. Cante como se ninguém estivesse ouvindo. Ame como se você jamais tivesse se magoado e viva como se o céu fosse a Terra”
Página 159

Precisamos parar de agir como se fossemos inferiores ás outras pessoas. Precisamos confiar em nossos extintos e emoções.Precisamos pensar que somos suficiente bons.Precisamos ser a Arte da Imperfeição
 MilkMilks
Dryh Meira

Resenha Charlotte Street


Titulo: Charlotte Street
Autor : Danny Wallace
Páginas: 409
Editora: Novo Conceito
Sinopse: Tudo começa com uma garota… (porque sim, sempre há uma garota…) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo… E agora Jason — ex-professor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder… É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam…
Resenha
Jason Priestley estava andando na Charlotte Street, uma rua de Londres, quando esbarrou (mais ou menos viu) uma garota em um táxi, eles trocaram olhares, ela esqueceu sua câmera com ele.
Uma câmera 3,5 mm descartável, Jason Priestley tinha acabado de sair de um relacionamento duro com sua ex Sarah, que esta noiva agora.
Ele divide o apartamento com seu amigo Dev, um viciado por games bem engraçado, Jason trabalha como editor de criticas no London Now. (Jason é um ex-professor).
Mas será que a garota que deixou cair a câmera pode ser o novo amor da vida dele?
Depois disso Jason Priestley faz uma grande conexão com o leitor, deixando-o entretido com sua narrativa bem humorada.
Danny Wallace  molda os personagens muito bem , nos deparamos com novos personagens a todo momento, o que pode ser tornar um pouco difícil de memorizar o nome de todos.
Mas um ponto fraco do livro, é que algumas páginas do livro tratam sempre do mesmo assunto, e isso me deixou entediado, o que me fez quase largar o livro.
A história inteira se passa na Inglaterra, um lugar por qual eu sou apaixonado!!! 
O livro é engraçado e ao mesmo tempo romântico sem intermediários.
Heitor

Resultado Promoção P.S. eu te amo

Oiee

Já faz dias que eu não posto nada aqui no blog, mas quando entrei hoje e vi que a promoção P.S. eu te amo tinha acabado decidi fazer logo o sorteio...Foram aproximadamente 73 pessoas participando, mas como a vida é injusta, só uma pessoa poderá levar o kit do livro, que foi "doado" pela querida Editora Novo Conceito.

Chega de enrolação, vamos conhecer quem foi o sortudo (a) que vai ganhar exemplar de P.S. eu te amo + marcador + caixinha personalizada + cartinhas personalizadas do livro





Quem foi escolhido pelo Rafflecopter fooi....




Parabéééns Thaís Vianna

Já entrei em contato com a Thaís, e ela respondeu alguns minutinhos depois ( rsrsrsrs ) e dentro de 30 dias eu enviarei o prêmio.

Quem não ganhou, não fique triste, continuem participando das promoções do blog, quem sabe você não é o próximo vencedor?



MilkMilks
Dryh Meira

Resenha Delírio

Boa tarde pessoal

Hoje eu terminei de ler o livro Delírio, que comecei a ler há três dias atrás. Pensei em postar a resenha somente na semana que vem, mas pensei melhor, e como gostei do livro queria compartilhar um pouquinho com vocês :)

Sempre quando eu termino de ler um livro, vou correndo fazer a resenha, pois estou transbordando inspiração, então se a resenha ficou um pouco grande, e ela deve ter ficado um pouco ~confusa~ mas qualquer coisa é só falar nos comentários :)



Titulo: Delírio
Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 342
Edição: 1
Lançamento: 2012
SinopseMuito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranqüilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.

Resenha

Delírio é um livro que já está na minha estante desde o lançamento, mas até agora eu não o tinha lido... Até agora.

O amor é uma doença, uma doença que deixa as pessoas loucas, a ponto de se matar, elas ficam delirando, imaginando coisas, fazem coisas que nunca fariam. Antes ele era uma coisa maravilhosa, deixava as pessoas felizes, mas quando essas pessoas perdiam o (a) amado (a), se matavam. Por isso o governo criou uma cura para essa doença mortal, uma “vacina” que todos deveriam receber assim que fizessem 18 anos, e essa “vacina” impedia que a pessoa se apaixonasse, mas também impedia que as pessoas fossem felizes como eram antes de recebê-la.

Por muito tempo Lena contou os dias para receber a tal “vacina”, mas alguns meses antes de seu 18º aniversário, ela se apaixonou por Alex.

Muitas pessoas apoiaram a “vacina” obrigatória, mas muitas pessoas não apoiaram, pois achavam que o governo e a ciência estavam tratando todos como animais. Essas pessoas eram chamados de Inválidos. Todo cidadão tem um número, assim como o RG, menos os Inválidos, assim que você atravessa a cerca e entra na Selva, o seu número é cancelado, e é como se você nunca tivesse existido.

O governo nega que os Inválidos existam, mas eles existem.

“E há muitos de nós por ai, mais do que você imagina” – página 341

A mãe de Lena foi “infectada” pela doença amor, também conhecida como Deliria, e ela se matou algum tempo depois que o pai de Lena morreu. Por isso Lena mora com sua tia Carol.

Esse livro me decepcionou muito no começo. Parecia que a autora estava enrolando e enrolando pra contar a melhor parte, demorei muito tempo para terminar de lê-lo, pois a leitura não fluía, estava muito cansativo. Até pensei em ler outro livro antes de terminar esse, mas decidi terminá-lo logo, e foi o que fiz. Quando cheguei na metade do livro, me deparei com o que estava esperando desde a primeira página : a emoção de ler Delírio.

Aquela emoção que muitas pessoas disseram ter sentido quando leram Delírio, mas que eu ainda não havia sentido. Lauren escreveu um romance que nos deixa emocionados, mas ao mesmo tempo com raiva. Fiquei imaginando: E se o amor se tornar esse sentimento que todos pensam ser uma doença? Seremos obrigados a tomar essa “vacina” para nunca mais senti-lo? Ou quem não quiser, terão que fugir para um lugar aonde as regras do Governo não cheguem?

“Eu amo você. Lembre-se. Eles não podem tirar isso de nós” – página 342

No inicio do livro, até pensei que essa tal cura poderia tirar o sofrimento de muitas pessoas, quem nunca sofreu por amor? Imagine uma “vacina” que tirasse esse sofrimento todo? Mas percebi que o amor não é um sofrimento, ás vezes sim, e nem uma dor ( ás vezes sim *-*) ele é um sentimento, assim como a alegria e a tristeza, o amor é um sentimento. Se existisse uma vacina que curasse a tristeza, ou a dor, estaríamos muito felizes. Mas e se criassem uma vacina que tirasse a alegria de todos? O amor pode ser ruim, mas também pode ser bom.

“Por favor, Deus, faça com que ele venha me buscar.
Nunca mais pedirei nada
Abrirei mão de qualquer coisa e de tudo o que tenho.
Apenas faça com que ele venha, por favor.” – página 330

Lena sempre seguiu as regras, principalmente o toque de recolher de todos os que não eram “vacinados”. Esses “não-vacinados” deveriam estar em suas casas ás oito horas da noite, e se um deles estivesse andando pela rua depois do toque, seria gravemente punido pelos reguladores e seus cães violentos. Mas quando conheceu Alex, Lena percebeu que sentia algo especial por ele, e que faria tudo por esse novo sentimento, que todos chamam de AMOR.

Esse livro guarda segredos, segredos que serão revelados ao leitor assim que ele abri-lo, assim que começar a ler as palavras escritas nele, e principalmente, quando o leitor perceber que o amor é um sentimento, não uma doença.



MilkMilks
Dryh Meira

Resenha A escolha


Titulo: A escolha
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Lançamento: 2012
Edição: 1
Páginas: 303

Sinopse

Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta. Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever. Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?


Resenha

Esse livro conta a chegada de Gabby na pequena cidade de Beaufort, onde mora Travis.
Travis é um veterinário solteirão que só tem amigos casados, mora em uma casa a beira do mar com seu cachorro Moby.
Quando ele conhece Gabby, sua nova vizinha, rapidamente se sente atraído por ela, e ela por ele.

Como sempre, os livros do Nicholas são maravilhosos, e sempre emocionantes, pelo menos os que eu já li. Mas não fiquei muito emocionada nesse livro, muitos leitores disseram que esse foi o livro mais emocionante do Sparks, mas não foi o que eu achei, para falar a verdade, não derramei uma lágrima sequer.

Eles começam a sair juntos para se divertir, Travis ensina Gabby dirigir motos, leva ela para voar de parapente junto com seus outros amigos, e cuida da cachorra dela, Molly que estava grávida.

Eu li o livro bem rápido, e em momento algum a leitura ficou cansativa. Não li muitos livros do autor ainda, mas os que eu li, já mostraram que ele gosta de deixar todo mundo ansioso e emocionado com os livros, e em alguns livros que eu li, os finais não foram lá tão “Felizes para sempre”.

Gostei de Travis desde o começo do livro, um cara engraçado e gentil, mas também fiquei com um pouquinho de raiva de Gabby. Tudo bem que ela tinha namorado, mas só por causa disso tinha mesmo que tratar mal o vizinho que salvou a vida de sua cachorra e lhe deu uma cesta de boas-vindas?

Gabby sempre viveu sobre regras e nunca quebrava nenhuma, sempre pensava “O que minha mãe faria?” tentando ser a filha perfeita, mas não era isso o que ela queria para a vida dela, ela queria ser feliz, quebrar regras e se divertir, e o único momento do dia em que ela fazia isso, era quando estava com Travis, por quem se apaixonou.

Me diverti muito lendo esse livro, e quando estava chegando nas ultimas páginas, era como se eu já soubesse o que iria acontecer.Sparks deixou uma dúvida entre as dez ultimas páginas, e foi nesse momento em que eu fiquei muito ansiosa para descobrir o que tinha acontecido.

O final não me surpreendeu muito, e esse livro me lembrou um pouco do livro Para Sempre ( Kim e Krickitt) não que aconteceram as mesmas coisas nos dois livros, mas os casos se pareceram em alguns aspectos.

Me apaixonei completamente por Moby e Molly, adoro cachorros, e adoro mais ainda livros que tenham cachorros.A escolha foi um dos melhores romances que eu já li, romances não-sobrenaturais.


MilkMilks
Dryh Meira

Promoção Bolão da virada


Olá pessoal, 

Hoje trago para vocês mais uma promoção, em que se juntaram 14 blogs para dar a vocês livros, marcadores e brindes!

Serão 3 sortudos: o primeiro sorteado leva 6 prêmios, o segundo sorteado leva 5 prêmios, e o terceiro sorteado leva os 3 prêmios restantes.

Acredite na sua sorte e participe!!!!!!!!!!!!



Blogs e os livros:


Regras Obrigatórias:
  • Seguir todos os blogs participantes pelo GFC (é só clicar no nome do blog acima);
  • Curtir Livros e Citações e Stuck on Them no facebook ( link também acima).

Chances Extras:
  • Curtir os demais blogs no facebook;
  • Seguir os blogs no twitter;
  • Twittar as frase divulgando a promoção. 

a Rafflecopter giveaway


Atenção: 
  • A promoção é válida até o dia 12/01;
  • Será conferido se o sorteado segue todas as regras obrigatórias após o sorteio, caso o sorteado não cumpra alguma das regras, será desclassificado e outro sorteio será feito. 
  • Cada blog é respnsável pelo envio do prêmio oferecido (ver listagem acima). Os responsáveis pelo envio dos prêmios terão 30 dias após o contato do sorteado para enviá-los.
  • O vencedor deve ter endereço de entrega no Brasil. 
  • O pimeiro sorteado terá 2 dias para responder ao e-mail de contato c seus dados para entrega e lista dos rêmos que escolher. Caso não responda será feito um novo sorteio. Logo após, será enviado email parao segundo e terceiro sorteados.

    Boa sorte *-*


    MilkMilks
    Dryh Meira

Resenha Bem mais perto

Titulo: Bem mais perto
Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Edição: 1
Lançamento: 2012
Páginas: 240
Sinopse: Quando Brooke descobre que o amor de sua vida, Scott Abrams, está se mudando do subúrbio de New Jersey para Nova York, ela decide segui-lo até lá. Viver com o pai ausente e se adaptar a uma escola totalmente nova são desafiantes para ela — e as coisas ficam ainda piores quando ela descobre que Scott já tem uma namorada. Mas como ela aprende a sobreviver na cidade grande, começa a descobrir todo um novo lado de si mesma e percebe que, às vezes, o amor pode te encontrar mesmo quando você não está olhando para ele.

Resenha

Brooke é apaixonada por Scott, e quando descobre que ele está se mudando para Nova York, vai atrás.
Seus pais estão separados desde muito tempo, e ela mora com sua mãe em Nova Jersey, enquanto seu pai vive em Nova York. Essa é a desculpa que ela usa para estar perto de Scott: ir morar com seu pai.

O que é, na verdade um fato real, tirando que ela e seu pai não se falam desde que ela tinha 11 anos.
Achando que Scott é o amor de sua vida, e que eles estão destinados a viverem juntos para toda a eternidade, Brooke acaba virando sua melhor amiga, começa a gostar das coisas que ele gosta ( ou finge gostar ) para ter algo em comum.

Mas ela acaba conhecendo John, um garoto que tem muitas dificuldades na escola, e ela vira sua monitora.
Esse jeito meio possessivo de “Vamos viver felizes para sempre” e “ Nada nem ninguém vai nos separar” já estava me dando nos nervos.Primeiro, essa garota não percebe que não está apaixonada por Scott?
Não gostei muito de Scott já no comecinho do livro. Ele é um daqueles garotos super-populares jogadores de futebol, e Brooke nunca falou com ele.

Desde sempre, Brooke foi organizada, escrevia seus sonhos em papéis e os colocava em uma caixa dos desejos, suas notas nem sempre foram altas o suficiente para conseguir entrar em uma das melhores faculdades, mas isso porque ela não queria se esforçar.

Além de John, ela também acaba virando amiga de Sadie, uma garota que adora presentear as pessoas com warm fuzzies( papéis coloridos com frases bonitas e carinhosas)
Brooke “evoluiu” muito desde que chegou a Nova York, e percebemos essa mudança nas suas atitudes, o comportamento dela também mudou muito, e ela passou a se importar mais com as pessoas e mais importante, consigo mesma.
Esse livro me ensinou muitas coisas, entre elas, que podemos ser melhores do que já somos, é só querer.

Brooke no começo pareceu bem boba, seguindo um carinha pra outra cidade só porque achava que estava apaixonada por ele, mas acontece que essa viagem mudou a vida dela, e ela não teria mudado nadinha se não tivesse ido para Nova York.
Gostei muito desse livro, apesar de esperar um pouquinho mais.


MilkMilks
Dryh Meira

Resultado da Super Distopia 350

Boa tarde !!!
Ontem eu dei uma olhadinha no número de seguidores aqui do blog e quase cai da cadeira. Ultrapassou, passou voando pelo 350, que era o número que eu esperava até 2013. Sério galera, fiquei muuito feliz em ver que chegaram mais pessoas aqui no blog :) Aí eu lembrei que tinha que fazer o sorteio da promoção Super Distopia 350, que já era pra ter sido feito assim que o blog atingiu 350.

Mas aí decidi dar mais um dia para todo mundo participar, twittar mais, ter mais chances.

Lembrando que vou enviar um e-mail para o primeiro vencedor, e ele tem até sábado, ao 12:00 para me responder, dizendo qual livro vai querer : Estilhaça-me ou Delírio. Depois vou enviar ao segundo vencedor, que terá até segunda - feira ao 12:00 para responder. Caso o primeiro vencedor não responda, vou sortear novamente. ( o segundo vencedor continuará sendo o segundo vencedor, ou seja, ficará com o livro restante.)

O primeiro vencedor fooi...


...

Parabéns Tamires

Já estou enviando um e-mail para você...

O segundo vencedor fooi...


*0*

Tamires! Como você é sortuda menina.Mas é uma pena que você não possa levar os dois prêmios, já que deverão ser dois vencedores, mas parabéns sortuda.

(refazendo o sorteio)


Sério Tamires, me empresta a sua sorte? rsrsrs

( refazendo o sorteio) O segundo vencedor é...


...

Parabéns  Patrícia

Patricia, assim que a Tamires responder qual livro ela vai querer, eu entro em contato com você.

Parabéns meninas.Quem não ganhou não fique triste, tem mais promoções rolando aqui no blog.

MilkMilks
Dryh Meira

Resenha Um lugar para ficar


Titulo: Um lugar para ficar
Autora: Deb Caletti
Editora: Novo Conceito
Páginas: 270
Edição: 1
Lançamento: 2012
Sinopse: O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante...

Resenha

Você acredita em paixão a primeira vista? Talvez não, mas foi exatamente isso o que aconteceu com Clara e Cristian.Desde a primeira vez que o viu, Clara já estava apaixonada, e vice versa.

Depois de algum tempo namorando Cristian, Clara percebeu que ele era muito ciumento. Pior ainda, o cara era obsessivo. Ficava seguindo – a, e sempre que ela fazia alguma coisa, como ir à biblioteca antes de avisá-lo, ele já ficava achando que estava sendo traído. Sempre que isso acontecia, Clara ficava muito irritada, até que um dia cansou. Terminou com ele, mas Cristian não aceitava. Ficava mandando e-mails e mensagens pedindo desculpas, e dizendo que tinha mudado.

Percebi na hora que Cristian era louco, tudo bem que ter ciúmes às vezes é normal, mas todos os dias? Aí já é bem diferente. Tive muita raiva dele, era muito irritante! Cheguei até a ficar com dó de Clara, por agüentar ele por tanto tempo.

Clara vive com o pai, a mãe dela morreu há muito tempo. Quando o pai dela descobre o que Cristian anda fazendo, eles se mudam para uma cidadezinha costeira chamada Bishop Rock. Lá o passado de seu pai volta, e um segredo muito forte que ele guarda há muito tempo de sua filha também.

Clara se apaixona novamente, mas desta vez, por Finn, um garoto que trabalha com turistas em seu barco, ele leva as pessoas para dar um passeio na praia.

Como em muitas historias de cidades pequenas de frente para o mar, nessa também existem fantasmas que assombram a cidade durante a noite. Fantasmas de pessoas que morreram afogadas no mar.

Mas é claro que essas histórias são mitos e lendas, só que elas também assustam um pouquinho.

A autora mostra bem nesse livro como as pessoas não conseguem se perdoar, algo ruim acontece, e elas perdoam as outras pessoas, mas não perdoam a si mesmas, e isso vai corroendo por dentro, até que ela percebe que precisa seguir em frente, e deixar o passado para trás.

MilkMilks
Dryh Meira

Promoção Final de ano

Boa noite pessoal.
Mais uma promoção começando hoje, mais um presente de final de ano \0/ Desta vez com as minhas queridas amigas Luany do blog Luany com Y e a Nath do blog Saindo da realidade



As regras são simples:
- Seguir todos os blogs pelo GFC
- Ter endereço de entrega no Brasil
- Preencher corretamente o formulário Rafflecopter

Será 5 sortudos e cada um ganhará:
O primeiro vencedor ganhará o livro Um dia + Marcadores + 1 Botton
O segundo vencedor ganhará o livro O Reino + Marcadores
O terceiro vencedor ganhará o livro Lucy e suas férias "perfeitas"
O quarto vencedor ganhará o livro Judy Moody
E por fim o quinto vencedor ganhará um kit de marcadores

Obs:
- O Resultado sairá no máximo 3 dias após o termino do sorteio
- Os vencedores terão 2 dias responder o e-mail com seus respectivos dados
- Teremos no máximo 30 dias para enviar os livros
- Cada blog será responsável pelo envio de seu livro
- Não nos responsabilizamos por extravios e danos causados pelo Correios.

Boa Sorte a todos!


a Rafflecopter giveaway


MilkMilks
Dryh Meira

Promoção Natal Épico

Olá pessoal!!
O ano está acabando, as festas vem chegando e junto com tudo isso uma mega promoção de natal!!!
O LiteRata se juntou com outros 10 blogs ( entre eles, o Milkshake de palavras ) para tornar o seu natal Épico e sortear duas coleções incríveis, que vem fazendo a cabeça dos leitores durante o ano todo.



Os Prêmios são:

- Box As Crônicas de Gelo e Fogo Pocket - Edição Limitada

- Box Assassin's Creed c/ 3 livros



Regras:
- A promoção é válida do dia 25/11 à 25/12;
- O resultado será divulgado nos blogs participantes na mesma postagem da promoção;
- Residir em território nacianal
- O ganhador será avisado da promoção por e-mail e tem 72hrs para responder o mesmo, com seus dados e endereço;
- Os livros serão enviados pelo blog LiteRata logo após a confirmação do ganhador.



Para participar é bem fácil!!! É só cumprir as tarefas obrigatórios do Rafflecopter e caso queira ter mais chance você a possibilidade de cumprir também as opcionais, não se esqueçam de seguir as regras da promoção.

a Rafflecopter giveaway



Boa Sorte!!!


MilkMilks
Dryh Meira


"CONCURSO COLETIVO ENTRE BLOGS LITERÁRIOS"

Oi pessoal.
Recebi ontem á noite um e-mail da Andross editora, e vai ter mais uma promoção para os blogs e seus leitores \0/
Boa sorte aos participantes *-*

MilkMilks 
Dryh Meira


Quer concorrer a 5 (cinco) livros da Andross Editora? É muito fácil! Basta seguir o regulamento abaixo e torcer!

PRÊMIO: kits com 5 livros da Andross Editora


REGULAMENTO

ITEM 1 - Quem pode concorrer


  • Somente pessoas físicas com endereço para remessa do prêmio em território brasileiro podem concorrer.
  • Somente aqueles que preencherem corretamente o formulário e curtirem a página MEMES ENTRE ASPAS no Facebook (https://www.facebook.com/entre.aspas.memes)


ITEM 2 - Premiação

Serão disponibilizados 3 (três) kits com 5 livros da Andross Editora aos ganhadores, sendo os livros por kit:


  1. Marcas na Parede - Contos Sobrenaturais, de Suspense e de Terror
  2. Dimensões.BR - Volume 1 - Contos Fantásticos no Brasil
  3. Brainstorm - Antologia de Contos
  4. Histórias Liliputianas - Antologia de Microcontos
  5. Moedas para o Barqueiro - Volume 1 - Contos Fantástico sobre a Morte


ITEM 3 - Forma de premiação

 
  • Entre os que preencherem o formulário corretamente sortearemos 1 (um) kit;
  • O blog literário que tiver indicado o sorteado ganhará 1 (um) kit;
  • O blog literário que mais indicar participantes ganhará 1 (um) kit.

ITEM 4 - Prazos
  • Data-limite para inscrição: 10 de dezembro de 2012
  • Data do sorteio: 15 de dezembro de 2012

Resultado 200 Curtidas

Boa noite pessoal.
Terceiro post de hoje hein? rsrsrs Hoje eu tô bem disposta

Dessa vez o post é sobre o Resultado da promoção 200 Curtidas.
Em menos de um mês passamos de 90 para 200 curtidas *0* é de deixar o queixo caído.Foi assim que eu fiquei hoje quando entrei aqui no blog e vi 202 curtidas.

Chega de enrolação, vocês estão doidinhos para saber quem ganhou não foi?
Então, vamos lá.

O sorteio foi feito pela ferramenta Sorteie-me no Facebook, e quem ganhou o livro A jornada + kit de marcadores foi...

Parabéns Ananda Malheiros

Já entrei em contato com a Ananda, e até Domingo, ao 12:00 se ela não responder vou refazer o sorteio.

Quem não ganhou nãão fique triste, tem mais promoções aqui no blog, e o Natal está chegando...Papai Noel não vai deixá-los na mão...rsrsrs...

MilkMilks
Dryh Meira

Selo

Oi pessoal.

Hoje o blog recebeu mais um selo, desta vez da minha querida Jaciara, do blog Um sofá á lareira.

As regras do selo são as seguintes:
-Postar a imagem com o laço acima;
-Indicação de 10 blogs;
-Não oferecer o laço "a quem quiser pegar" sem indicar os blogs primeiro, porque assim a distribuição ficará contida a um número menor de blogueiros.
-Poucos acabam espalhando o meme sem receber indicação;
-Avisar os blogs sobre o Meme;
-Responder a pergunta: "Qual livro você indicaria para uma pessoa começar a ler"?



Qual livro você indicaria para uma pessoa começar a ler?

Nossa, essa pergunta é de acabar hein...rsrsrs...muito difícil  Acho que a pessoa que lê sempre incentiva as outras, eu já comecei com isso, minha irmã me via lendo e agora ela começou a ler P.S. eu te amo..Está demorando um pouquinho rsrsrs mas tá dando certo. Antes de tudo, a pessoa precisa se interessar pelo livro, não adianta você chegar lá com um Nárnia de sei lá quantas páginas gigante e manda-la ler, ela vai demorar séculos ( sem ofensa ). Mas se você mostrar um livro que ela realmente queira ler, um livro que ela se apaixone pela capa e pela sinopse ( assim como você se apaixona por um antes de comprá-lo) vai ser um livro de uma noite!

Não sei qual livro indicar, mas também depende da pessoa...Vou indicar 5 livros...

Soul Love- Para pessoas que querem começar a ler já com livros de romances juvenis



Jenna não quer trair os amigos e não revelará o que se esconde por trás de sua expulsão do colégio, assumindo toda a culpa sozinha. Como castigo sua mãe a levou para passar algum tempo com uma tia numa tediosa cidadezinha do interior. É lá que Jenna encontra Gabe, um rapaz autêntico, melancólico e reservado. Completamente diferente de todas as outras pessoas ela conhece. É inevitável: Jenna se apaixona por ele. Será que Gabe é sua alma gêmea? Ele mostra a Jenna a beleza de um céu noturno sem nuvens, escuro, um contraste perfeito para o brilho das estrelas. E, em meio a livros, música, poesia e noites estreladas, o sentimento entre eles se torna cada vez mais forte. Mas Cleo, uma garota antipática que tem uma ligação muito estranha com Gabe, não está gostando nada desse romance. Afinal, ela não quer que ninguém mais saiba o grande segredo de Gabe...


Para sempre - Para pessoas que adoram filmes inspirados em livros e em histórias reais


A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.


Percy Jackson - Para pessoas que querem começar a ler com uma aventura



Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O ladrão de raios esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade.

O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.


Diário de um banana - Esse foi o primeiro livro que minha prima leu, e ela está ficando igual eu ( aiin que orgulho)


Não é fácil ser criança. E ninguém sabe disso melhor do que Greg Heffley, que se vê mergulhado no ensino fundamental, onde fracotes subdesenvolvidos dividem os corredores com garotos que são mais altos, mais malvados e já se barbeiam.
Em Diário de um Banana, o autor e ilustrados Jeff Kinney nos apresenta um herói improvável





E por ultimo, mas não menos importante, Jogos Vorazes *-*
Não podia faltar...


Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?


Blogs indicados para o selo :


Bem, por hoje é só isso..Até mais :)

MilkMilks
Dryh Meira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...