A rainha da fofoca

Oie pessoal, tudo bem?
Estava um pouco perdida nas resenhas hoje, não sabia qual devia postar, então bati o olho na resenha do livro da Meg Cabot, A rainha da fofoca.
Alguém já leu esse livro? O que achou?


Titulo: A rainha da fofoca
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera
Páginas: 431
Edição: 4
Lançamento: 2011
SinopseLizzie Nichols não tem a mínima ideia do que vai fazer da vida e está detonando o dinheiro da formatura em uma viagem para visitar o namorado que conheceu há apenas três meses, mas isso não é nada. O problema é que Lizzie não consegue guardar nenhum segredo, o que a coloca em situações delicadas, como ficar presa em Londres sem um teto ou dinheiro. Felizmente uma amiga está por perto para ajudar, mas ela estraga tudo outra vez. Lizzie está no limite e precisará provar que pode usar sua boca grande para algo de bom.
Resenha

Quem não gosta de fofocar? Sinceramente, é uma das coisas que eu mais faço quando estou com minhas amigas, mas até que ponto a fofoca é apenas uma conversa entre amigas, e não uma coisa que pode acabar com relacionamentos e vidas? Lizzie é uma garota que acaba de terminar (ou não) a faculdade de História da moda, e é a maior fofoqueira de todas, tem uma boca enorme e sempre quando começa a falar, não para mais.

Lizzie é uma garota que mora nos Estados Unidos, e está indo á Londres para ver seu namorado Andrew, quem ela não vê há três meses. (na verdade, eles só se viram uma vez pessoalmente.) e mal vê a hora de morar sozinha com ele no apartamento, andar no carro dele, cozinhar para os pais dele...Que maravilha. Só que nem tudo é como ela esperava. Andrew mora com os pais, não tem carro, trabalha o dia inteiro... Adeus vida perfeita que Lizzie esperava, e o pior de tudo, é que o cara é um mau caráter que só pensa em dinheiro.

“Cachorro? Tigela de comida? Então... em vez de dormir com meu namorado, vou dormir com o cachorro da família. E a tigela de comida dele.” – página 77

Por sorte, os amigos de Lizzie, Shari e Chaz, estão na França, morando no castelo da família de um amigo de Chaz, e é uma oportunidade de Lizzie conhecer um lugar maravilhoso e se livrar de Andrew.

Lizzie é uma personagem super engraçada, mas ela não para de falar, principalmente quando não deve. Você lê o livro e fica pensando “pára de falar garota, não, não diz isso... Ah por que você foi contar isso? Ah poxa vida” realmente, ela é uma matraca, e o pior de tudo também é paranóica.

“E se ele fizer parte de um esquema de escravidão branca que atua em aeroportos? E se ele fica aqui o tempo todo procurando turistas jovens e inocentes de Ann Arbor, no estado do Michigan, para serem seqüestradas e mandadas para a Arábia Saudita para se tornarem a décima sétima noiva de algum xeique?” – página 18

“E se o encantador e belíssimo Jean-Luc for algum serial killer? Que caça americanas vulneráveis em trens estrangeiros, transmite a elas uma falsa noção de segurança e então as mata quando chegam a seu destino? E se ele tiver algum tipo de foice ou de garrote naquele porta roupa?” – página 193

Lizzie então embarca num trem para a França, indo encontrar seus amigos, mas no meio do caminho acaba conhecendo Jean-Luc, ou Luke, o amigo de Chaz, dono do castelo... Mas... Acontece que ela não sabia disso quando chorou e abriu sua boca, falando e falando sem parar. Agora Luke sabe os segredos dela e a conhece mais que sua amiga.

É claro que, sendo um livro da Meg Cabot, não poderia faltar uma pitadinha de romance ali no meio (Ok, Chaz e Shari não contam.) mas será que a nossa querida amiga faladeira e encrenqueira vai conseguir achar o amor de sua vida? Bem, para uma garota que se sente culpada por abandonar o ex em Londres, e que faz o que os outros mandam (sentindo-se culpada quando as coisas dão erradas para os outros) achei que seria um pouco difícil para ela encontrar uma nova paixão, mas ela caiu do céu bem na sua frente. (bem, não do céu...)
MilkMilks
Dryh Meira

22 comentários

  1. oi, obrigada pela visita ao blog, vim conhecer o seu e já estou seguindo
    ótima resenha. ainda não li, mas só por se da Meg já ponto positivo
    bjus
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Bru ^^
      A Meg sempre ganha pontos meus positivos por ser a Meg..rsrs

      Excluir
  2. Oie, prazer primeira vez aqui e seguindo ^^
    Não gostei dessa capa, mas gostei da resenha, quero muito ler esse livro!

    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa não agrada muita gente, mas acho que ela deu um tchãn no livro..rsrs

      Excluir
  3. A Meg é diva, né? Ainda não li esse livro, mas sou apaixonada pela série Garoto e pela séria A Mediadora, dela. Sem contar que Sorte ou Azar e Garota Americana foram deliciosos. Vou procurar por esse!

    xoxo,
    Bianca

    blogsomaisum.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que eu ainda não li a série Garoto? Morro de vontade de conhecer a história. Sorte ou azar e A mediadora são meus favoritos ♥

      Excluir
  4. Eu não conhecia este livro! Fiquei mega curiosa, sua resenha ficou muito boa!

    Aiai, mais um na minha listinha.... :(

    bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana ^^ eita, essa listinha deve estar enorme hem? rsrs a minha está gigante :/

      Excluir
  5. Amei sua resenha!
    Estou com esse livro em ebook no meu tablet e pretendo começar a le-lo em breve. ^^
    Amo a maneira com a Meg Cabot escreve.
    Beijinhos
    http://llaranjas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Livros da Meg sempre são bons. Amei A rainha da fofoca, falta ler o último que saiu. *O*
    beijos
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiin eu ainda não consegui ler o segundo *-*

      Excluir
  7. Andei percebendo que nos chick-lits tem sempre uma paranóica xD
    Esse livro parece que rende boas gargalhadas, da Meg eu só li o conto que ela escreveu em Formaturas infernais, ainda não tive a oportunidade de ler seus livros =(
    Gostei da resenha, vou até adiciona-lo aos meus desejados ;)
    http://samgirl-arts.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs verdade Samantha. Adoro personagens paranoicas e histéricas..rsrs

      Excluir
  8. Meu deus pelo jeito posso ler essa série sem medo hahaha, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá! Tudo na paz de Deus? Espero que esteja. Já li, achei algumas cenas bem picantes, tipo, não gosto de chick-lits com palavrões e cenas tipo, pesadas. Mas, depois a narração fica bem leve e divertida. Eu gostei do livro. E a Lizzie é realmente super engraçada!
    Beijocas! Fique com Deus!

    http://hey-mygod.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No começo do livro tem mesmo umas cenas pesadas, mas são pouquíssimas. Amo a Lizzie, ela é uma paranoica muito engraçada..rsrs

      Excluir
  10. Gosto bastante dos livros da Meg, este está na lista de próximas aquisições. Acho a capa linda, e a sinopse sempre me deu a impressão de ser um livro muito bom e divertido. Acho que é mesmo, depois dessa resenha super positiva. Fiquei ainda mais curiosa para ler. *-*

    Bjs, Yara.
    http://www.ilusoesescritas.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é meega divertido, principalmente quando a Lizzie dá seus ataques de histeria..rsrs

      Excluir
  11. Ah, morro de vontade de ler essa trilogia <3
    Meg já me decepcionou algumas vezes, mas os outros livros que li dela me surpreenderam muito. *-*

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me lembro se algum livro dela me decepcionou :/ mas tenho certeza de que você adoraria essa série, vai por mim ^^

      Excluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...