Malas, memórias e marshmallows

Titulo: Malas, memórias e marshmallows
Autora: Fernanda França
Editora: Rai
Páginas: 320
Edição: 1
Lançamento: 2012
Sinopse: Às vezes, o fim de algo pode ser apenas um novo começo. Após ser despedida do trabalho no dia de seu aniversário, Melissa Moya conhece Theodoro Brasil, seu vizinho, dando início a uma nova amizade que vai permitir que a jovem jornalista realize seu maior sonho: viajar mundo afora. Ela embarca no projeto “América sobre rodas”, uma aventura por diversas regiões dos Estados Unidos, deixando para trás sua gata, Lady Gaga, sua família e seus amigos. Máquina fotográfica na mão, notebook debaixo do braço, Melissa vai acabar percebendo que a vida surpreende a cada momento, principalmente quando o assunto é o amor verdadeiro.
 Resenha

Ás vezes eu tenho a impressão de que minha vida é uma piada mesmo sem eu pestanejar.

Ler este livro foi uma das melhores experiências que eu tive ao longo deste ano. A escrita da autora é maravilhosa e bem-humorada, os personagens são inesquecíveis e as aventuras de Mel ainda mais. Não sei como expressar aqui tudo o que eu senti ao ler MM&M, mas prometo que vou tentar.

O aniversário de Mel deveria ser um dia importante, especial, mas já começou mal quando ela foi demitida do jornal onde trabalhava, e piorou quando seu vestido ficou sujo de terra por conta de um pequeno acidente no elevador do prédio onde mora. Mas quem disse que não iria piorar?
Seu dia só não se tornou o pior da sua vida por que ela conheceu Theodoro, o vizinho responsável pela sujeira de terra em seu vestido. Logo eles se tornaram amigos, e Théo abriu os olhos de Mel para os sonhos dos quais ela fugia há algum tempo.
“Foi a primeira vez que eu comi marshmallow. A primeira vez que nos abraçamos. O dia em que eu decidi que viajaria para o exterior pela primeira vez, que faria um novo trabalho e que começaria a realizar um sonho. Aquela foi a data em que eu conheci o homem que seria meu melhor amigo.” – página 40
O livro é um verdadeiro relato de viagens. Anotei praticamente todas as cidades por onde os personagens passaram e os pontos mais bonitos pela descrição de Mel, e espero poder conhecê-los um dia. Mel é uma garota sortuda, não só por estar conhecendo o mundo (mesmo sem saber falar inglês), mas por ter amigos como Théo, Samantha e Emily, que aparece um pouco depois, mas que já se torna inesquecível no primeiro momento. Me indentifiquei bastante com Mel; assim como ela, sonho em conhecer o mundo, adoro animais e com certeza darei nome de artistas e músicos aos meus futuros gatos e cães, e também quero um Thééo!
“Só havia um detalhe que eu não tinha programado. E saía do meu controle. Eu não queria me apaixonar.” – página 197
Com o tempo, Mel abre os olhos e percebe que está se apaixonando por Théo, mas como tinha medo de seguir seus sonhos, também tem muito medo de perdê-los, e Théo está no pacote. Não podia torcer mais do que torci para que os dois ficassem juntos, e odiar mais do que odiei todos aqueles que se intrometeram ou de alguma forma atrapalharam o relacionamento dos dois (Alan e Vivian, estou de olho em vocês!)
“Naquele momento percebi que, se sua paixão pela namorada pode ter se transformado em amizade, como acontece com muitos casais, era possível que amizade se transformasse em paixão.” – página 205
 A amizade entre Théo e Mel é muito bonita ♥ e ver a forma com que eles tratam um ao outro ainda mais, bem diferente da forma com que Alan (idiota!) tratava nossa protagonista. Alan é um cara metido e arrogante, e não entendi por que Mel demorou tanto para perceber que o cara certo estava do seu lado, segurando uma câmera fotográfica e um prato de marshmallows.
Alan faz Mel se sentir criança, infantil e envergonhada a maior parte do tempo, e ela parece não perceber que isso é errado. Fiquei triste por ela, mas logo Théo chegou...haha’
E então me deu uma vontade de rir, como Théo riu comigo quando eu estava com a máscara laranja no rosto. Eu quis rir da situação ridícula, do cheiro ruim, do chão sujo... Mas Alan não parecia achar nada divertido, e senti vergonha por ser tão infantil.” – página 93
 Depois de muitos brigadeiros, confusões, situações engraçadas e marshmallows, eu fechei o livro, imaginando onde estava a continuação! A parte triste é que não existe uma continuação, mas a boa é que o novo livro da Fernanda França chega ainda em 2014 YEEY!
Esse foi um dos melhores e mais descontraídos livros que eu li esse ano, e super recomendo ♥ mas cuidado, tem uma dose de doçura muito grande, leia com moderação ;)

MilkMilks
Dryh Meira

14 comentários

  1. Que livrinho fofo!
    Fiquei com vontade de ler!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro, mas já me apaixonei. Adoro livros assim, românticos e engraçados. Quero conhecer a Mel e o Théo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' vai se apaixonar ainda mais quando ler, Monica ♥

      Excluir
  3. Oi Dryh!! Eu já ouvi dizer que ia ter um segundo livro sim, com as aventuras da Mel por outros lugares... mas isso faz tanto tempo que nem me lembro mais dos detalhes! hehe...

    Não gostei tanto do livro quanto você, as descrições me cansaram um pouquinho, mas o Mel e o Théo são fofos!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mesmo, Ju? Que pena *-* eles são uns lindos né?

      Excluir
  4. Dryh, olha eu aqui de novo! Claro que eu não ia perder a oportunidade de comentar na sua resenha de MMM também, né? Vamos fazer um coro?! Preparada? Um, dois três... e...
    Eu quero um Theeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeo!!!!
    Terá continuação, sim! Agora com as aventuras da Mel na Europa! É esse o livro que sai (Deus queira que sim) ainda em 2014! xD Adorei a resenha! Beijos!

    bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quero um Theeeeeeeeeeeeeeo!!! Imediatamente!Necessito! kkkkk' uia, mesmo? oh my god! Mais Theo yeey ♥

      Excluir
  5. Não conhecia o livro, achei legal e a resenha bem informativa para descrever as belezas do livro. Esse eu leria assim que tivesse oportunidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eba, fico feliz que você tenha gostado, Ana ^^

      Excluir
  6. Dryh!
    Demais livros que nos fazem rir.
    Gostei do detalhe de ter anotado algumas cidades para um dia conhecer, estimula o sonho, né?
    Não li nada da autora, mas gosto de leituras divertidas e acredito que iria gostar de ler.
    Mel é uma sortuda de poder viajar mesmo sem saber falar inglês.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estimula e muito, estou doida para fazer o caminho da Mel ^^

      Excluir
  7. Oi Dryh, tudo bem??
    Ainda não conhecia este livro,mas sua resenha me deixou encantada com esta historia. Acho bacana poder ter a oportunidade de conhecer nos blog livros assim que não estão "bombando" pois sempre nos dá a gente a chance de conhecer e ler livros diferentes e ainda assim super interessantes como este!Adorei saber mais sobre ele!
    Beijoca♥

    ResponderExcluir
  8. Parece um livro legal ")
    Bem leve e divertido, acho que leria em uma tarde chata, só pra descontrair ^-^

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...