A 5ªonda


Título: A 5ª Onda
Autor: Rick Yancey
Editora: Fundamento
Páginas: 368
Edição: 1
Lançamento: 2013
Sinopse: A 5ª Onda - Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram. Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém. Agora inicia-se A QUINTA ONDA. No alvorecer da quinta onda, em um trecho isolado da rodovia, Cassie foge deles. Os seres que parecem humanos, que andam pelo campo matando qualquer um. Que dispersaram os últimos sobreviventes da Terra. Cassie acredita que, estar sozinho é estar vivo, até que conhece Evan Walker. Sedutor e misterioso, Evan Walker pode ser a única esperança de Cassie para resgatar seu irmão — ou até a si mesma. Mas Cassie deve escolher entre a esperança e o desespero, entre a rebeldia e a entrega, entre a vida e a morte. Entre desistir ou contra atacar.

Resenha

A 5ª Onda é o primeiro livro de uma série publicada pela Editora Fundamento, sendo que o segundo livro, O mar infinito, foi lançado em 2015, e em 2016 teremos o prazer de assistir a adaptação cinematográfica. Estava curiosa para ler esse livro desde a primeira resenha que eu li dele, e fiquei ainda mais animada quando soube que os atores para o filme já haviam sido escolhidos. A 5ª Onda é uma ficção cientifica sobre um mundo em chamas, onde qualquer um pode ser o inimigo, até você mesmo.
A verdade é: quando nos encontrarem, a gente já era. – página 10

A Terra foi devastada pelas 4 ondas. A primeira Onda apagou todas as luzes, deixando todo mundo na escuridão. A segunda Onda destruiu os países que ficavam na costa, com tsunamis e terremotos que engoliram cidades inteiras. A terceira Onda fez com que as pessoas sangrassem de dentro para fora, uma peste chamada de Morte Vermelha. A quarta Onda trouxe os Silenciadores, com seus fuzis cujos pentes se esvaziavam num piscar de olhos, mandando as balas para os corpos humanos que entravam em seu caminho. O que seria a 5ª Onda e quando ela chegaria?

Cassie acredita ser a única humana viva na face da Terra, isso porque ela viu muitos morrerem diante de seus olhos, inclusive seus pais. Sua mãe morreu com a peste, transformando tudo em sangue, até mesmo suas lágrimas. Seu pai foi morto por pessoas em quem eles confiavam, pessoas que diziam serem boas, e seu irmão mais novo, Sammy, levado por essas mesmas pessoas. Ela estava sozinha com Urso, um bichinho de pelúcia que Caisse prometera devolver a seu irmão quando o reencontrasse, e esse é o único motivo pelo qual ela ainda está viva. Encontrar seu irmão.

Não confiar é a primeira regra para sobreviver num mundo destruído como aquele, e Cassie levava essa regra muito a sério até conhecer Evan, um rapaz que a salvara de sangrar até a morte debaixo de um carro. Acontece que Evan era misterioso demais, e parecia esconder muitos segredos, deixando Cassie apreensiva, e ao mesmo tempo, confusa. E ele fosse um Silenciador? Ao mesmo tempo em que acompanhamos Cassie sobrevivendo e tentando encontrar Sammy ao lado do desconhecido Evan, também somos apresentados a Ben Parish, mais conhecido como Zumbi.

A primeira regra para sobreviver à 4ª Onda é não confiar em ninguém, não importa qual a sua aparência. – página 41

Ben é uma antiga paixão de Cassie, de quando eles tinham uma vida normal e suas maiores preocupações eram faculdade e jogos estudantis. Ela tinha certeza de que ele havia morrido nas primeiras Ondas, assim como grande parte da população, as 7 bilhões de pessoas que morreram nos ataques. Zumbi agora é um soldado, e acredita ter deixado Ben para trás, junto com todas e quaisquer lembranças que ainda tenha de sua vida antiga.

Uma das melhores coisas nesse livro são os Silenciadores, e também uma das mais sinistras. Eles me lembraram um pouco do livro A hospedeira, onde almas usam o corpo humano como seus hospedeiros e vivem como se fossem realmente humanos. Os Silenciadores estavam adormecidos nos corpos humanos há anos, e quando os ataques começaram, eles acordaram. São humanos e alienígenas ao mesmo tempo, o que fortalece ainda mais a regra de não confiar em ninguém. Como saber se aquela pessoa é mesmo humana, ou se tem um alienígena dentro dela?

Talvez eu seja a última, mas sou a última que ainda está de pé. Eu sou a que vou mostrar o rosto para o caçador sem rosto na floresta junto a uma rodovia abandonada. Eu sou aquela que não vai fugir, não vai ficar, mas vai enfrentar. Porque, se eu for a última, eu sou a Humanidade. E se essa for a última guerra da Humanidade, então eu sou o campo de batalha. – página 88

O livro é narrado por Cassie e Ben ao mesmo tempo, mas também acompanhamos um pouco de Sammy e Evan, em terceira pessoa. Os personagens são incríveis, do jeitinho que a gente gosta: fortes, corajosos, determinados e claro, um pouquinho apaixonados. O autor tem uma maneira maravilhosa de fazer o leitor suspeitar de todo mundo. Assim como Cassie, eu não sabia se ela podia confiar em Evan, não sabia o que aconteceria com Sammy e se Ben se lembrava dos bebês.

Não há nada de previsível nessa história, o autor consegue surpreender o leitor a todo momento, até mesmo quando estamos certos de uma coisa, e acontece exatamente o contrário. Cheguei a imaginar que certas coisas aconteceriam, mas o que realmente aconteceu foi bem mais complexo e surpreendente do que eu cheguei a pensar, me deixou com lágrimas nos olhos, um sorriso no rosto e um desespero para ler logo o segundo livro.

O fraco foi varrido para longe. Se não matar todos nós de uma vez, não serão os fracos que vão sobreviver. – página 358

Não recomendo esse livro apenas para os amantes de uma boa ficção cientifica, mas para todo mundo que já chegou a pensar que seriamos invadidos por alienígenas algum dia. É um assunto um pouco repetitivo, mas acreditem quando digo que vocês nunca encontraram uma história como esta.

Ela não é a primeira a sonhar com corujas no escuro. Ela não será a última. – página 6


18 comentários

  1. Quero ler esse livro desde de 2013!
    Tenho até hoje uma prova dele, provavelmente da época do lançamento com o primeiro capitulo. Nem lembro onde a consegui, provavelmente comprando outro livro, mas esta até hoje na minha lista rs
    Na época não o comprei porque o segundo ainda seria lançado e eu não gosto de esperar, mas agora vou dar um jeito! xD

    Adorei a resenha! Me deixou com mais vontade de ler :D
    Beijos!
    http://choqueliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu amo histórias nada previsíveis e com personagens fortes,eu não tinha dado muita atenção para esse livro pois achava que ele era muito juvenil,mas foi um erro meu,pela sua resenha vejo que é livro denso e cheio de suspense. Me interessei pela leitura,ainda mais depois de saber que ele será adaptado para as telonas.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu ainda não sei se quero ou não ler esse livro. Sempre ouvi falar muito bem, e sua resenha me deixou um tanto quanto curiosa, mas sabe quando ainda não despertou aquela vontade?
    Mas pela curiosidade talvez eu leia antes da estreia do filme. rs
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' ainda tem bastante tempo até a estreia :)

      Excluir
  4. Oii Driely!

    Parabéns pela resenha! Adorei^^
    Adorei a capa e a sinopse me conquistou <3
    Quero muito ler!

    Beijos, Amanda
    www.facebook.com/coisadeleitor135

    ResponderExcluir
  5. Oi flor, é a primeira resenha que leio desse livro que me deixa MESMO com vontade de lê-lo, você se aprofundou mais na sua resenha, destacou melhor os pontos fortes da história.
    Fiquei imaginando o cenário enquanto lia a sua resenha, e mulher, fiquei com medo desses personagens todos aí. E me imaginando ser invadida por alienigenas, e esse povo que morreu infectados virando sangue,chorando sangue...Jesus amado, o filme deve ficar assustador.Quero ler os livros e assistir a esse filme.

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Bom dia :)
    Como vai?
    Eu já tinha visto a capa deste livro em algum lugar mas não sabia que a história era tão interessante :O
    Amo isso que citou: imprevisibilidade. Quantas mais surpresas melhor kkk

    Abraços e se cuida
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  7. Oii Dryh
    Amei a sua resenha, eu conhecia o livro pela capa, mas não sabia a historia, não conhecia e mesmo gostando bastante da sua resenha o livro nao me chamou a atenção :/


    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Dryh!
    Muito bom saber que a 5ª Onda se transformará em filme.
    Ainda não li esta obra, que parece ser uma ficção científica com ares pós-apocalíptico.
    Acho que vou gostar!

    Beijos!
    http://fabi-expressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Dryh, sua linda, tudo bem?
    Nossa, que livro!!!! Eu devorei cada palavra sua, essa história é super tensa. O que será a quinta onda? Estou super curiosa e ao mesmo tempo receosa em saber, porque afinal de contas, o que falta acontecer? Será que ainda pode piorar? Adorei sua resenha e adorei esse livro!! Vou colocar na lista agora, ainda mais porque já lançaram a continuação e com certeza vou ver o filme.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Foi uma grata surpresa eu saber que a Fundamento publica livros assim sabia?
    Ai eu quero, simplesmente quero, a continuação. Ainda não consegui comprar mas eu to com medo, não vejo uma continuação.

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie, Dryh!
    Amei demais conhecer A 5ª Onda. O conceito das ondas é maravilhoso, o modo como o autor construiu tudo... Não teve como não se apaixonar. Já acrescentei à minha lista de leitura. O livro me lembrou bastante Gone - O Mundo Termina aqui. Ótima resenha!
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando ❤

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bom?
    Eu nunca li nenhum livro que falasse sobre uma possível invasão alienígena, mas já quero ler a 5º Onda pra ontem. Que premissa instigante, misteriosa e envolvente. É aquele tipo de livro que você fica curioso antes mesmo de começar a ler porque a trama parece ser muito boa. Quero lê-lo ainda esse ano e espero gostar da história assim como você.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Fiquei doida pra ler esse livro, sério! O tema e o enredo parecem ser muito bons! E a sua resenha também me prendeu totalmente!
    Adoro quando os autores, criam histórias que consegue prender o leitor a todo instante. Com certeza vou dar um jeito de ler ele! ^^

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  14. Olá minha flor...
    Atualmente estou lendo A Cidade da Meia Noite... um livro que está cada vez mais incrível de ler... ele também é de ficção científica... bom sobre a 5ª Onda estou com ele aqui para ler... e não vejo a hora de começar ainda mais porque o segundo livro já foi lançado... adorei saber a sua perspectiva sobre a história e que ela não é mais uma de ataques alienígenas... e acredite eu tenho gostado muito de ler livros com essa temática... dá para crias várias histórias... adorei a sua resenha, parabéns xero!!!

    ResponderExcluir
  15. Flor!
    Eu não curto ficção cientifica e muito menos ets e tal, mas já ouvi tantos elogios para esse livro que se tiver a oportunidade de ler, vou ler sim! Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Dryh, tudo bem?

    Vi que este livro teve o lançamento com o filme, mas infelizmente esse negócio de alienígenas pra mim, só em E.T. <3.

    HAHAHAHAHA.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. na minha opinião ,Rick construiu personagens fortes e verossímeis: com fraquezas, dúvidas, incertezas e principalmente medos, que ele soube revelar de forma bem consistente, deixando o leitor na maioria das vezes com medo também.Infelizmente achei um tanto considerável de erros de ortografia e concordância: a editora pecou na revisão, mas que não interfere na compreensão da história. O livro possui alguns plot twists interessantes que tiram aquela bagagem de “mais do mesmo” da história, acredito que vc deve ter notado, e realmente como vc fala o não há nada de previsível nessa história, o autor consegue surpreender o leitor a todo momento ...

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...