As grandes aventuras de Daniella

Título: As grandes aventuras de Daniella
Autora: L.L. Alves
Páginas: 120
Edição: E-book
Lançamento: 2015
Sinopse: Bom, o que eu tenho a dizer sobre esta história maluca que estou prestes a contar? É simples: vocês não vão acreditar. Sério mesmo. Vai parecer loucura, com minha boca suja, dois pés esquerdos, noites inusitadas e quilinhos a mais (muito mais, mas não vamos entrar em detalhes...). Mas vou fazer o quê? É a verdade. E eu vou contar para vocês porquê... Sei lá. Na verdade, eu nem devia estar contando, alguns de vocês vão se chocar. Ainda está aqui? Bom, o risco é todo seu. Prepare-se.  Ah, é verdade, esqueci de me apresentar (típico). Meu nome é Daniella Fagundes, vinte e oito anos, namoro com o Thiago há dois anos e posso dizer que tudo está mais que perfeito! (xi, exagerei agora, né?). Também adoro comer e sou diferente de qualquer outra mulher que já tenha contado sua história para vocês. Por quê? Porque sou uma daquelas mulheres conhecida como gordinha. Sabe como é? Eles não se referem a mim como a sagaz Daniella ou a superconfiante Daniella. Sou apenas a gordinha do grupo. Sempre tem que ter um, não é? 

Resenha

Sou. Uma. Merda. De. Desastre.

A vida de Daniella não é um conto de fadas, ela não é uma princesa presa numa torre esperando seu príncipe encantado chegar num cavalo branco. Com 28 anos de idade, mora sozinha num kitnet, tem duas melhores amigas perfeitas com corpos de modelo, e está passando por uma grande mudança: ela agora vai trabalhar na empresa de seu namorado, Thiago, e não faz a menor ideia do que vai acontecer.

Minha vida mudou tanto em um curto período de tempo que parecia até surreal.

Com a autoestima chegando no submundo e cinquenta graus abaixo de zero, Daniella se importa muito com o que as pessoas pensam. Tem vergonha por Thiago, às vezes não sabe o que ele viu nela, e é a personagem mais desastrada e boca suja que você vai conhecer. Mas ela também é divertida e determinada, e mesmo que o mundo desabe sobre sua cabeça, vai dar um jeitinho de empurrá-lo de volta no lugar.

Daniella Fagundes, não faça nenhuma bobagem que estrague esse momento!

É claro que a tal bobagem aconteceu, e o momento foi estragado. Poxa vida, agora é hora de viver, Dani! Deixando os estereótipos e regras da sociedade no chão (para não falar outra coisa), Luene criou uma história magnificamente engraçada e uma personagem que nos faz sentir bem. Daniella é mais do que uma protagonista real e comum (ela chora cantando Aerosmith a plenos pulmões quando as coisas ficam ruins e anda de ônibus todos os dias), ela é uma amiga literária que vai nos fazer rir até mesmo quando o livro acabar, e a gente chamar alguém de tanso (leitores e pessoal do Sul entenderão).

Ver Daniella sofrer com certos acontecimentos foi como ver uma amiga sofrer. Eu queria estar lá por ela e ajuda-la, mas graças aos céus que ela tinha Paula e Sabrina, amigas que adoram colocar lenha na fogueira quando as coisas já estão um pouco quentes, e que estão lá por Dani sempre quando ela precisa. E quando não precisa também, porque amigos são assim, certo? Elas fazem de tudo para animá-la, e insistem em encher o saco quando Dani faz com que algumas pessoas se desviem do caminho dos céus, mas isso você só vai ver lendo o livro.

As grandes aventuras de Daniella é um livro que nos faz querer quebrar os espelhos (hehe’) e mandar um f***** para as revistas de moda e as pessoas que querem que todos sejam perfeitos. Um f*** para as pessoas que nos olham torto todos os dias, seja por causa de nossa roupa ou nosso cabelo, e claro, um grande F*** para a sociedade estereotipada, pois quem comanda o nosso livro e escolhe nosso final feliz somos nós!

Daniella aprendeu a se amar nessas 120 páginas (por mais que tenha demorado um pouco) e o mais incrível desse livro é que ele também nos ensina a nos amar, mesmo que a gente só perceba isso quando ele já acabou, e a saudade de Dani e sua língua afiada nos faz querer ler tudo de novo.

Se eu recomendo esse livro? Pfff, a minha cara enquanto lia a primeira linha poderia responder essa pergunta. AGAD é incrível, e se você ainda não leu, está perdendo bastante coisa. Deixe de lado os docinhos e as séries por um tempinho, pois vale muito a pena conhecer Dani, e se irritar um pouquinho com Thiago, só para amá-lo no final novamente.

Quando ele entenderia?  Quando qualquer um deles entenderia que não era o que eu queria sentir? Que eu nunca quis me sentir inferior, só que era inevitável? Quando entenderiam que meu problema não era com ele, ou com o mundo, e sim comigo mesma?

28 comentários

  1. Olá Dri,
    Tudo Beleza?

    Percebe-se que é um livro voltado para as mulheres... Mas, eu gostei. Gosto de obras que abandonam um pouco o amor e o sexo, e focam um pouco na realidade! kkk'
    Parabéns pela resenha, cumpriu o papel!

    Abraços,
    www.isaaczedecc.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não necessariamente, vai que você não acaba gostando?!

      Excluir
  2. Olá!
    ADOREI a sua resenha hahaha. Realmente tem livros que nos fazem querer mandar tudo para aquele lugar e nos ajudam a aceitar quem somos. Com certeza eu fiquei curiosa para ler a obra toda.

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Juliana ♥ espero que você goste do livro e se divirta com a Dani :)

      Excluir
  3. Dryh, adoro suas dicas e confio em suas avaliações de livros, mas já vi esse e não curti muito, enquanto mulher, não me senti representada, pra mim, continua com a visão estereotipada...

    ResponderExcluir
  4. Oie, eu ja li alguns lviros com mocinhas gordinhas e adorei, é diferente do comum que vemos em quase todos os livros, haha, então acho que vou procurar para ler ^^
    www.guildadosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você goste do livro, Sharon ♥

      Excluir
  5. Olha eu tenho o livro na estante do meu whatpadd, mas a coragem de ler pelo celular é pequena viu? Porque eu gosto mais de ler livros físicos. Mas eu ainda quero poder ler, porque tenho certeza que irei gostar bastante da história pelo que tu disse na sua resenha. Eu fiquei encantada e acho que é um gênero que irei gostar bastante. Me parece ser muito divertido. Espero ler assim que tiver oportunidade.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-uma-saga-na-toscana.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' eu também prefiro físicos, mas a curiosidade de conhecer a Dani foi maior que a preguiça de ler o e-book *-*

      Excluir
  6. Oiiee
    Sempre vejo comentários positivos sobre os livros da L.L. Alves.
    Esse em especial já me conquistou pelo tema, acredito que precisamos de muitos livros assim.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também acho, Jéssica :) obrigada pela visita ^^

      Excluir
  7. Oie!!!!
    já tinha ouvido falar da autora, mas não conhecia o livro, Porém fiquei bem curiosa para conhecer mais da vida de Daniella kkkk.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' espero que você tenha a oportunidade de conhecê-la, Thais ♥

      Excluir
  8. Eu acabo de me sentir com sorte, porque adquiri esse e-book, mas não sabia que era tão bom! A sinopse e a capa foram suficientes para me encantarem. Estou feliz por saber que o enredo foi bem construído e que a mensagem da autora foi transmitida com louvor: um f***-se aos estereótipos que só levam as pessoas ao sofrimento! (rs)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' espero que você goste do livro tanto quanto eu, Fran ♥

      Excluir
  9. Oii, tudo bem?
    Eu comecei a ler o AGAD e estou adorando! A Dani realmente é de mais, eu por diversas vezes me senti com o coração apertado durante a leitura, eu sei como ela se sente, a sociedade impõe que você deve seguir um padrão e se você não o seguir você é estranha, tomara que a Dani manda todo mundo ir pastar kk

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ela é tão real, né?! Até dói o coração ver as coisas que acontecem com ela *-*

      Excluir
  10. Oi Dryh, sua linda, tudo bem
    Que coincidência, estava discutindo esse assunto essa semana. Eu juro que não entendo Dryh, porque alguém que é muito magro, não aceita quem não é, porque as pessoas serem diferentes incomoda tanto. Porque a sociedade pressiona tanto por certos padrões. Porque temos que ser todos iguais, com as mesmas escolhas. As vezes dá vontade de gritar!!! Risos... Só por isso acho que vou amar esse livro!!!!! Adorei sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, é incrível como nada é o suficiente, não? O sofrimento da Dani é tão real que é como se ela fosse uma amiga nossa, mas é incrível a forma com que ela passa por cima de tudo. Espero que você goste do livro, Cila :)

      Excluir
  11. Olá, boa noite!

    Ainda que sua resenha seja completamente positiva em relação ao livro, confesso que a premissa não me cativa e não tenho vontade de lê-lo. :(
    Quem sabe futuramente? Mas hoje? Eu diria que não leria. De qualquer modo, parabéns pela resenha.

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que pena, Ana :) mas espero que você tenha a oportunidade de lê-lo um dia, e que goste :)

      Excluir
  12. Oi Dryh!

    Tô super curiosa pra conhecer a Danielle e suas maluquices HUAEHAUEUAE e muito sucesso para autora (que uma mega simpática!)

    Beijos!
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' espero que você tenha a oportunidade de ler o livro, e que goste da Dani tanto quanto eu ♥

      Excluir
  13. Dryh, não sei nem o que dizer!! Fiquei mega feliz quando você me disse que tinha se divertido com a Dani, mas essa resenha foi muito mais do que eu esperava!! Agradeço de coração, por ser tão querida, e ter me dado uma chance nesse livro! *-*
    Fiquei pulando de alegria após ler essa resenha (e não, não consigo escolher só um trecho, amei tudo!!)!

    Apenas obrigada, mais uma vez <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ebaa ♥ fiquei muito feliz com o seu comentário, Luene, e mais uma vez, estou muito agradecida pela oportunidade em conhecer a Dani ♥

      Excluir
  14. Quero ler esse livro,amiga!!!!!!!
    Gosto de livros assim com muitas aventuras!!!!
    Obrigada pela dica!!!!!
    Depois vou resenhar,ok?
    bjos
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  15. Olá Dryh!
    Eu terminei de ler esse livro ontem e amei a história.
    A Daniella é bem parecida comigo. Somos gordinhas, independentes, não chego ter as crises que ela tinha. Só passei por uma depressão uma vez, mas depois resolvi me aceitar e as coisas mudaram um pouco. Ainda quero mudar minha condição física mais ela não me abala tanto quanto antes.
    A Luene escreveu uma história maravilhosa.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...