Inesquecível

Oiee pessoas ^^
Olhem só essa capa, que coisa mais linda! Inesquecível é o primeiro livro de uma série (na verdade eu não sei se é uma série ou trilogia), e foi cortesia da lindíssima Editora Rocco. Bom, o livro não me agradou ou conquistou totalmente, mas é mais do que só um rostinho bonito ;)

Título: Inesquecível
Autora: Jessica Brody
Editora: Rocco (cortesia)
Páginas: 336
Edição: 1
Lançamento: 2017
Série: Unremembered #1
Sinopse: Após um acidente aéreo, uma garota é encontrada ilesa e sem memória em meio aos destroços em pleno oceano Pacífico. Ela não estava na lista de passageiros da aeronave e seu DNA e suas impressões digitais não são reconhecidos em nenhum lugar do mundo. Sua única esperança é um garoto estranho e sedutor que afirma conhecê-la. E que eles eram apaixonados um pelo outro. Mas será que ela pode confiar nele para recuperar seu passado e descobrir quem ela realmente é? Inesquecível é o primeiro volume de uma trilogia romântica com tintas sci-fi.

Resenha

Eles virão atrás de você. Não vão parar até te encontrarem. – página 203

Única sobrevivente de um acidente no mar, Violet, como passou a ser chamada, não se lembrava de nada. Ela não sabia como sobrevivera quando todos os outros morreram, e ninguém soube explicar o por que de não ter ao menos se machucado. Mas ela estava bem, pelo menos fisicamente. Ainda assim, era frustrante não se lembrar de nada (nem mesmo do próprio nome) e tudo o que ela mais queria era que sua família, se é que ela possuía alguma, fosse busca-la.

Isso não aconteceu. Na verdade, ela foi enviada para uma cidadezinha para morar com uma família adotiva temporária, até que alguém com informações úteis a seu respeito aparecesse. Morando com Heather, Scott e Cody, o filho do casal, Violet chegou a sonhar que teria uma vida normal. E daí que seu passado era desconhecido? Ela podia muito bem construir uma nova vida naquela casa, não é? Seria estranho se fosse tão simples... E tudo começa a ficar complicado quando um rapaz, que diz conhece-la, aparece.

A sinopse já conta bastante a respeito da história, mas esse sedutor na descrição de Zen é um pouco forçado. Assim como o romance, devo dizer. Talvez não seja e eu esteja implicando, mas é que não consigo engolir quando os personagens estão apaixonados um pelo outro e acham que não podem viver sem isso, que dependem do outro e que, sem elx, nada existe. Inesquecível é mais ou menos isso. Violet nem se lembrava de Zen, (o garoto mencionado na sinopse e descrito como “estranho” e “sedutor”), mas aí algumas coisas bem loucas vão acontecendo, e de repente ela o ama e faria tudo por ele. Entendo que eles eram apaixonados antes do avião cair e tudo o mais.... Ainda assim, esse tipo de romance não me convence.

Tenho a sensação de que você é apenas uma pequena parte de um plano muito maior. – página 280

Tirando isso, e o fato de Violet (melhor trocar por Seraphina, que é o seu nome verdadeiro [consta na capa do livro]), ser bem dramática para narrar, e ficar repetindo coisas óbvias (e de o vilão seguir o clichê dos filmes e ficar falando os acontecimentos, seus planos mirabolantes e tal), eu gostei do livro. Achei que a história seguiu um rumo fascinante e que foi bem desenvolvida, assim como os personagens. Gostei especialmente de Cody, o irmão adotivo temporário da protagonista, e os pais do menino não ficaram muito atrás.

Mas eu preciso confessar que o que eu mais gostei no livro foi a capa...haha’ é muito linda e possui relevos no título, no nome da autora e no símbolo azul (dois corações entrelaçados, um de ponta cabeça e o outro na posição comum). Também gostei da escrita da autora; tirando os momentos dramáticos, a leitura fluiu muito rapidamente, e eu praticamente devorei o livro, doida para ver se a Seraphina conseguiria as respostas que tanto queria (e que eu também queria) e como tudo acabaria. A autora me surpreendeu, mas o final deixou um pouco a desejar.

Estou curiosa para ler os próximos livros, principalmente porque, mesmo não terminando de forma UAU, o livro deixou pontas soltas e eu quero só ver o que vai acontecer depois. Espero que essa dependência que Sera e Zen sentem um pelo outro não deixe os próximos livros melosos e melancólicos demais, pois isso seria uma pena, visto que a história em si é bem interessante e original. Espero que a editora Rocco traga a continuação em breve, e que a capa seja linda \0/


Todo mundo à minha volta tem muita confiança de que um dia vou me lembrar. Que minha família será encontrada, minhas lembranças serão restauradas e minha vida me será devolvida. Infelizmente, porém, não partilho dessa convicção. Não acredito no que eles acreditam com tanto fervor. Porque, por algum motivo, minhas lembranças não parecem temporariamente extraviadas. Parece que elas morreram. – páginas 54 e 55




16 comentários

  1. Oi, Dryh!
    Estava tão curiosa com esse livro, até já comprei em uma das minhas últimas compras. Uma pena o romance ter sido um pouco forçado demais. Quando eu vier a fazer a leitura, irei com calma e esperando curtir. o/
    Essa capa é realmente muito linda!! Foi justamente ela que me fez comprar o livro. rsrs...
    Obrigada pela opinião sincera!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Eu estou querendo fazer a leitura dessa obra faz um tempo, mas acho que vou deixá-la de lado após a sua resenha. Eu achei a premissa muito boa, mas odeio romance forçado, fico incomodado com isso e acabo deixando o livro de lado, então é bom eu evitar, não é mesmo? Infelizmente vou deixar a dica passar!

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Eu ainda não li o livro, mas gostei dos pontos que apresentou, e assim, não espero tanto da história.
    E a capa é linda! Confesso que estou apaixonada por essa capa! Só espero gostar dessa história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu ainda não conhecia esse livro em questão, mas gostei muito de seu enredo. Uma pena não ter sido muito bom contigo, mas mesmo assim você está curiosa para a sequência, isso sempre acontece comigo, mesmo achando o 1° livro fraquinho raramente perco interesse em ler os outros. Adorei a resenha
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Eu estava bem curiosa sobre esse livro, foi o lançamento que mais me atraiu da editora, mas lendo sua opinião fiquei meio decepcionada com a história. Como assim alguém que você não lembrava até ontem, hoje é o amor da sua vida? Senão foi fácil para você engolir, imagine para nós. O enredo do livro é interessante, mas agora fiquei com dúvidas.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. OOi!
    Esse vai para a meta! haha
    Ameei a premissa do livro, parece ser uma leitura muito envolvente. Que pena que o casal não te encantou e passou essa ar de forçado, é bem chato quando isso acontece. No entanto, sem dúvidas, vou dar uma chance. Principalmente porque até gosto desses casais loucamente apaixonados, nos livros pelo menos. kkk
    Espero ter a oportunidade de realizar essa leitura em breve.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, ainda não conhecia esse livro. Também achei a capa legal, e essa premissa de a garota sobreviver e não conseguir se lembrar do seu passado me deixou bem curiosa. Mesmo com suas ressalvas, quem sabe eu leia futuramente.

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Realmente a capa está muito linda, uma pena que o romance tenha sido forçado, também não gosto de dependência, fico meio aborrecida com isso. Quem sabe os próximos livros sejam melhores

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Então, o livro me chamou bsatante a atenção, mas o fato do romance ser um pouco forçado me deixa com um pé atrás. Pelo que você disse é um livro fraquinho, então, acho que eu não leria, mas obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  10. Oiii Dryh, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse do quanto eu gostaria, mas fico feliz que tenha trazido a resenha para nós e achei essa capa maravilhosa menina!
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Tenho que concordar, essa capa é linda! Eu leria esse livro só por ela, suahsuha. Sobre o livro, também tenho sérios problemas com romances assim, em que a pessoa fica dependente daquele amor. É mega irritante isso. Mas acho que daria uma chance mesmo assim.

    ResponderExcluir
  12. Se tem azul, grandes chances de chamar a minha atenção. No entanto, não é o tipo de história que prefiro ler. Gostei dos pontos que você abordou que te incomodaram - creio que me incomodariam também. Vou esperar pelos próximos livros pra me decidir. Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Oiii tudo bem??

    Estava doida pra ler esse livro, realmente amei a capa, mas vc me deu uma desanimada, dando somente 3, e falando dos clichês. De tudo não foi ruim, mas vou levar um pouco mais pra frente. Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  14. Oi!!
    Não tinha visto nenhum comentário sobre esse livro, a capa é mesmo linda demais.
    Ainda bem que eu não estava esperando por esse lançamento, pois depois de ler a tua resenha eu percebi que não iria conseguir me conectar com a trama.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  15. Oii
    Também acho a capa lindíssima. Mas esta questão de romances mal trabalhados já deu para mim. Assim como você, não gosto dessa dependência toda. Poxa, precisamos de personagens que consigam ser altruístas e pensar por si só.
    Passo a dica. Mas vou querer saber se a continuação melhora. =)

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem? Nossa sério que o livro não é isso tudo? Estou com grandes expectativas desde seu lançamento e bem ansiosa. Histórias dramáticas, com personagens mais dramáticas ainda estou acostumada haha talvez esse ponto não me incomode muito. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...