Duplo Dark Divine

Titulo: Dark Divine paixão proibida
Editora: V&R
Autora: Bree Despain
Páginas: 375
Sinopse
Dark Divine: Paixão Proibida é o primeiro livro de uma trilogia de romance e ficção, com paixão, mistério e escolhas difíceis. A trama entrelaça passado e presente, trazendo referências da mitologia antiga que resgatam a época das Cruzadas e dos Cavaleiros Templários, para compor a história de um clã amaldiçoado, que sobrevive através dos tempos em busca de salvação.

Resenha

Grace é a filha do pastor, e por conta disso, nunca faz nada de errado, não quebra nenhuma regra, não apronta e está sempre ajudando na igreja.
Mas isso tudo muda, quando um velho “amigo” de infância volta. Daniel, que há mais de um ano desaparecera, decide voltar, mas quando Grace olha bem para ele, percebe que ele está com um olhar faminto e muito diferente. Ela não sabe por que Daniel sumiu, mas seus pais e seu irmão mais velho Jude sabem, e sempre que ela pergunta, eles não respondem.

Desde o inicio do livro, o leitor já consegue perceber que Grace, a santinha, vai acabar deixando de ser assim, e é exatamente isso o que acontece. Aos poucos, Grace percebe que não pode mais viver sem quebrar nenhuma regra, principalmente quando sua ex-paixonite de infância, Daniel está por perto.

A autora conseguiu escrever uma historia que prende o leitor desde o início até o fim, em momento algum o livro ficou cansativo, muito pelo contrário, cada vez mais eu queria chegar ao final, devorando o livro, querendo saber o mais rápido possível o que ia acontecer.

É claro que, como muitos outros livros com bad boys com super poderes, as mocinhas ficam meio dãã, meio bobas, fazem coisas sem pensar, acabam virando egoístas, tuudo por causa do carinha lindo maravilhoso que apareceu na vida delas, mudando tudo.
Grace não foi muito diferente, quando Daniel chegou, ela ficou meio boba, parecia enfeitiçada ou sei lá o quê, ela sabia que sua família tinha algum segredo com Daniel, e que seu irmão Jude o odiava, prometera a eles que não chegaria perto dele, mas não conseguiu resistir à tentação do “herói” lindo e se encontrava com ele.

O mais interessante do livro, é a forma como a autora descreve os fatos, dando detalhes das ações dos personagens, e criando segredos e mentiras, fazendo o leitor grudar no livro e não soltar até terminar, e depois de terminar, correr atrás do segundo livro. E também, ela foi criando a parte sobrenatural do livro através de lendas, e da bíblia.Pelo menos comigo foi assim, terminei o livro e já corri para o segundo,
O final do livro é surpreendente... Mal conseguia ficar sem o próximo livro..rsrs



CUIDADO! A RESENHA DO SEGUNDO LIVRO PODE CONTER SPOILLERS PARA QUEM NÃO LEU O PRIMEIRO!
Titulo: Dark Divine – O santo perdido
Autora: Bree Despain
Editora: V&R
Páginas: 383
Edição: 1
Lançamento: 2012
Sinopse: A família Divine está desconsolada com o desaparecimento de Jude, o irmão mais velho de Grace. Por isso, ela sai em busca de dele por um caminho obscuro e cheio de surpresas, reunindo todas as pistas possíveis para reencontrá-lo. Em meio a esta perigosa procura pelo irmão, Grace conhece a Talbot, um homem cheio de mistérios que abalará seu romance com Daniel. Ela terá de ser forte e resistir ao mal contra a maldição do lobisomem. Agora ela terá que decidir entre o bem e o mal para se livrar da terrível maldição.

Resenha

Depois de passar por muuitas coisas, que não acontecem todos os dias (tipo ser contaminada e poder se transformar em lobisomem a qualquer momento) Grace precisa aprender a controlar seus poderes e habilidades, pois somente desse jeito ela poderá controlar a loba que está dentro dela, e impedir que a loba domine seu corpo e sua mente. Mas o verdadeiro motivo de Grace estar treinando é para encontrar seu irmão.

Grace virou uma daquelas personagens que, só porque ganharam algum poder acham que podem fazer tudo sozinhas, sem a ajuda de ninguém, e em segredo. Mas é claro que ela não poderia derrotar muita gente sozinha, principalmente sendo certinha do jeito que é.

Quando terminei de ler o primeiro livro, deixei o segundo para mais tarde, (com mais tarde, quero dizer um dia depois) pois pensei que ficaria aquele romance meloso, e que não aconteceria muita coisa. Mas assim que comecei a ler o livro me arrependi de não o ter lido antes. Não tem romance meloso entre os personagens principais, o que foi um alívio, e tem muita ação, mais ainda que no primeiro livro.

É impossível não ficar com vontade de ler o terceiro livro. Assim que fechei esse livro, fui logo pesquisar o lançamento do terceiro livro. Mas como esse foi lançado na bienal do ano passado, vai demorar bastante para o próximo ser lançado. Mas no exterior já foi lançado, então a solução é procurar ler o livro em inglês... rsrsrs

Nesse segundo livro, aparecem personagens novos, dos quais é impossível não gostar, e duvidar um pouquinho também, já que qualquer um pode estar contra Grace e Daniel. Apesar de querer fazer tudo sozinha, e em segredo, Grace pareceu bem mais corajosa nesse livro que no primeiro, e com certeza estará ainda mais no terceiro livro.

MilkMilks
Dryh Meira

8 comentários

  1. Parece ser um livro legal, mas também soa um pouco clichê a história =/

    Cecília.
    http://encanto-do-livro.blogspot.com.br/2013/10/a-mulher-do-viajante-no-tempo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é mesmo Laura. Hoje em dia muita gente escreve sobre vampiros, anjos, demônios e lobisomens que se apaixonam por humanos. Se o livro não fosse tão bom, juro que nem leria os próximos

      Excluir
  2. Acredita que eu nunca havia lido uma resenha destes livros? Não acredito que não sabia do que se tratava.... e olha que fiquei procurando os marcadores feito uma doida, mas nem me interessei pelos livros... até agora! kkkkkk

    Adorei a resenha, sério, necessito ler estes livros!

    bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Interessante, mas um pouco clichê.
    Quem sabe não coloco na minha lista de desejados, né? ;)


    Beijinhos.
    www.november92.com

    ResponderExcluir
  4. Oiie! :)
    Nossa fiquei bem curiosa com essa obra, tenho que admitir ter uma queda por livros que tenham bad boys haha e quando envolve esses segredos, essa pegada mais mística, fica perfeito! Com certeza quero procurar esse livro!
    Beijocas flor, parabéns pela resenha! :*

    http://meuuniversox.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs bad boys são a atração principal do livro ♥

      Excluir
  5. Só li a resenha do primeiro livro porque gostei da história e não queria ler spoiler :)

    Essas histórias assim sempre me chamam a atenção kkkk

    amei
    bjs
    http://letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Dry, tudo bem?

    Juro que não conhecia o livro, ainda rs.
    Eu adorei, me parece ser bem fofo mesmo, minha nossa eu quero ler rs
    Não li a segunda resenha por conter spoiler.

    Adorei a resenha flor.
    Beijos

    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...