Como ser popular

Titulo: Como ser popular
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera
Páginas: 288
Edição: 1
Lançamento: 2008
Sinopse: Stephanie Landry poderia ser uma garota comum, cheia de amigos, se não fosse o incidente da Fanta Uva. Desde que derramou - sem querer - refrigerante na saia caríssima da garota mais popular da escola, todo mundo a odeia e ela até virou expressão para gente esquisita ou sem-jeito. Mas agora Steph está decidida a trilhar seu caminho para a popularidade. Com a ajuda de um livro antigo, ela espera mudar a opinião de todos. O problema é que isso pode fazê-la perder os dois únicos amigos dos tempos de "impopularidade"... Será que vai valer a pena?
Resenha

Todo mundo já deve ter sentido o que Steph, ou Stephanie sentiu: a vontade imensa de ser popular, e conquistar até os mais metidos e chatos alunos do Ensino Médio. Mas Steph vai tentar de tudo para conseguir seu lugar perto dos populares, nem que isso estrague as antigas amizades, amizades verdadeiras, que ela conquistou sendo ela mesma.

Steph é de uma família grande, com quatro irmãos (prestes a ter mais um na família) Steph nunca foi popular, sempre andou com Jason e Becca, seus melhores amigos, e sempre foi feliz e se contentou com isso, mas agora no Ensino Médio, ela sentiu que precisava mudar as coisas, começando por sua personalidade e aparência.

Steph é o tipo de garota que sempre foi feliz com o que teve, o tipo de garota que vemos em séries e filmes, em que a mais popular está sempre infernizando a vida da menos popular, e que sempre a “não popular” é apaixonada pelo namorado da popular, mas acaba percebendo que ama o melhor amigo. Já estava na cara o que ia acontecer, mas ainda assim foi uma surpresa o jeito que Steph descobriu, e isso foi o que me fez amar o livro.

Jason foi o melhor personagem de todo o livro, apesar de demonstrar muito fácil o que sentia e o que pensava. Não é aquele personagem que fica irritante, diferente de Becca, que não vê que o mundo não gira ao redor dela, e que Steph não é um pombo correio, ou seja lá o que ela pensou que Steph fosse. Steph também é uma personagem maravilhosa, e percebi que as personagens femininas principais dos livros de Meg sempre são um pouco parecidas, de alguma forma.

A leitura é muito fácil e muito rápida, e em momento algum chega a ficar cansativa, e além do mais, os personagens são tão engraçados e legais que nem percebemos que a historia está acabando, ou que acabou.

MilkMilks
Dryh Meira

8 comentários

  1. O livro me parece tão bom, me lembra adolescentes tudo isso ( inclusive eu), mas nunca tentei ser popular heueh.
    Muito legal o livro, o bom é que não é uma leitura cansativa e nem difícil.

    http://meueternoinverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. já passei do tempo que queria ser popular...kkkk' estou bem assim do meu jeito

      Excluir
  2. Oi amor ;D Seu blog é muito lindo,estou super seguindo & curtindo!
    Vem seguir também?http://espacoteencomanaliasantos.blogspot.com.br/
    curta por favor?https://www.facebook.com/EspacoTeenComAnaLiaSantos
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi Dryh, tudo bem?

    Meg é muito amor, né? Eu to louca pra ler esse livro, tenho muitas expectativas... A história de Steph parece muito boa. Obrigada pela dica.

    Beijos
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Dryh!
    ainda não conhecia o livro e parece bem interessante, uma história diferenciada que merece leitura e por sua avaliação, o livro é bom mesmo.
    Agradeço o comentário e a visita feita ao blog. Obrigada!
    Um super final de semana!
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!
    “Pode ser que um dia nos afastemos...Mas, se formos amigos de verdade, a amizade nos reaproximará.” (Albert Einstein)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que você vai gostar dele Rudy ^^ adorei a frase ♥

      Excluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...