A Promessa

Olá a todos (novamente),

Hoje trago a resenha de um autor que leio bastante (e já tive a oportunidade de conhecer), será que o mestre Coben conseguiu me deixar acordado?

Título: A Promessa
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro (cortesia)
Páginas: 352
Lançamento: 2017
Edição: 1
Sinopse: Único escritor a receber os três mais importantes prêmios da literatura policial americana, Harlan Coben teve suas obras traduzidas para 41 idiomas e já vendeu mais de 70 milhões de livros no mundo. “A promessa traz o melhor das habilidades de Harlan Coben. A trama é complexa o suficiente para ser emocionante, mas não a ponto de ficar complicada demais. Coben acerta ao não colocar o foco em seu personagem principal e ancorar a história em pressões reais da vida moderna.” – The New York TimesDepois de ouvir duas adolescentes trocando confidências no porão de sua casa, Myron faz com que as garotas prometam ligar para ele se um dia estiverem em alguma encrenca e não tiverem coragem de recorrer aos pais em busca de ajuda. Ele garante que irá em seu socorro sem questionamentos, qualquer que seja a situação. Alguns dias depois, às duas da manhã, seu telefone toca. É Aimee Biel, uma das garotas a quem oferecera apoio incondicional. Abalada e nervosa, ela pede que Myron a deixe em frente a uma casa numa rua deserta, o suposto endereço de uma amiga. Apesar de sentir que alguma coisa está errada, Myron honra sua palavra e não faz perguntas. Mas ele se arrependerá profundamente dessa decisão, porque talvez essa seja a última vez que Aimee será vista por alguém. Atormentado pela culpa – ao mesmo tempo que se torna o principal suspeito pelo misterioso desaparecimento –, Myron decide investigar o caso por conta própria. Envolvido numa trama cheia de promessas desfeitas e segredos devastadores, ele descobre que essa não será apenas uma busca por uma adolescente que sumiu: será também uma busca pela verdade em suas nuances mais sombrias.

Resenha

A Promessa é o oitavo livro da série Myron Bollitar, o leitor percebe isso não apenas com a sinopse; a história parece carregar toda a tensão que esteve por cima do personagem nos livros anteriores.Tudo começa quando Myron, no porão da sua casa, faz duas garotas adolescentes, uma delas chamada Aimee Bel, prometer ligarem para ele quando precisarem de ajuda. A vida de Myron anda tranquila (como em quase todo thriller americano), ele está se relacionando com Ali, uma jornalista viúva vítima do 11 de Setembro.

Certa noite, Aimee decide ligar para Myron pedindo ajuda, ele mal se lembra da promessa que fez às garotas, pior de tudo, ele está bêbado. Aimee parece perturbada e com medo e não quer contar nada para Myron, ela só pede que ele a leve para a casa de uma amiga. Myron tenta desistir no meio do caminho, porém, decide levar Aimee para a casa de sua amiga, mesmo achando que essa pode ser a última vez que ele a verá.

Acho que a gente tem que fazer uma escolha quando as coisas doem - disse Erik - Podem sentar no banco ou podem tentar jogar com a dor.

Cerca de três dias depois, Myron é parado no aeroporto de Nova York por dois detetives, Aimee está desaparecida e ele é um dos principais suspeitos. A detetive responsável por esse caso é Loren Muse, que liga o desaparecimento de Aimee com Katie Rochester, outra garota desaparecida que sacou dinheiro antes de fugir no mesmo caixa que Aimee. Será Myron o culpado do desaparecimento pela promessa que ele mesmo fez?

A Promessa é um livro do Harlan Coben, ou seja, administre bem sua leitura ou passe uma noite em claro tentando descobrir o suspeito das pistas que o autor vai deixando. Myron Bolitar não é um personagem fácil, principalmente no oitavo volume de uma série onde ele é o personagem principal, todas as tensões "vividas" pelo ex-jogador de basquete vão recair, dando espaço a problemas pessoais o tempo todo.
Você vê o passado dela, o futuro dela. Sente a alegria da juventude, a dor de crescer. 

Coben é um autor que parece gostar de rodeios, se você viesse me dizer isso cerca de dois anos atrás, eu negaria com toda força, mas, posso até concordar com isso agora. Algumas partes do livro parecem pura enrolação, com diálogos forçados que o autor já repetiu em outros livros, o excesso de diálogos e a falta de marcações temporais nas falas incomodam.
O livro não falha em sua fórmula, que promete lhe deixar acordado até você descobrir quem está por trás do desaparecimento das garotas. Os personagens secundários do livro, como Ali e Win, "namorada" e amigo, respectivamente, não roubam o espaço.

A Editora Arqueiro, responsável pelos livros do Harlan Coben no Brasil, fez um bom trabalho com a capa e a diagramação, falta apenas o número do volume dentro da série, já que o livro pertence à série Myron Bollitar. Não é necessário ler os livros anteriores da série, assim como a maioria das séries de thriller com um progonista central.

Recomendo A Promessa para quem gosta do Harlan Coben, será uma boa leitura, os leitores de John Grisham podem dar uma chance. A Promessa carrega a tensão vivida pelos sete livros anteriores da série, isso reflete o livro todo, que entrega uma experiência eletrizante .

8 comentários

  1. Sou apaixonada por Thrillers, mas do Harlan Coben conheço apenas o Não conte a ninguém (que ainda não tive chance de ler). Gostei bastante da resenha e estou animada para acrescentar algum livro do autor nas minhas próximas leituras.

    Abraços,

    http://ultimasfolhasdooutono.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Não li ainda os livros de Coben, acredita? Mas não é por falta de interesse, mas sim por escassez de tempo mesmo...
    Todo esse mistério que envolve as obras do autor me deixam bem curiosa para conhecer sua narrativa. Pretendo ler algo dele o mais rápido possível. Adorei sua resenha, muito bem escrita, parabéns!

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Nossa acredita que nunca li nada do Harlan?
    Estou muito curiosa pra esse novo trabalho dele lançado no Brasil.
    A Promessa me pareceu ser daqueles livros instigantes e que não conseguimos parar até terminar.
    Espero ler em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada dele rs ... uma vergonha né?
    Esse livro é mais um que quero muito ler, a capa dele me atrai, as opiniões em blogs também.
    Pela sua me parece aquele livro desesperador que não consegue parar de ler.

    ResponderExcluir
  5. Oie tudo bem?

    Diferente da maioria dos leitores, não consigo gostar das histórias desse autor!Já tentei ler um livro dele e não deu certo, mas não nego que as capas e propostas das obras são perfeitas! Fico feliz que tenha gostado da leitura! =D

    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Olá!!
    Parabéns pela resenha, até hoje só li "Não conte a ninguém" do Harlan e gostei muito... Vou anotar sua indicação para minhas próximas leituras. Bjss

    ResponderExcluir
  7. Oi Dry!

    Eu li apenas um livro do Harlan Coben e realmente concordo com você, para ler um livro dele a gente acaba passando a noite em claro tentando descobrir o suspeito. Eu tenho muita vontade de ler essa série Myron Bollitar, mas não tenho nenhum livro dela. Quem sabe futuramente eu consiga adquirir os livros porque minha curiosidade ficou a mil com sua resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Oi Heitor, tudo bem?
    Você disse um detalhe da edição que eu também concordo, quando se trata de séries, eu gosto quando as editoras colocam o número em cada livro. Já tive que várias vezes pesquisar na internet a ordem correta para ler uma série. De todas as capas, uma das que eu mais gosto é essa, gostei da combinação da cores e da imagem. Quanto ao enredo, achei um absurdo ele fazer uma promessa de ajudar e no fim acabar sendo o suspeito, risos....isso não é justo. Estou mega curiosa para descobrir o desfecho dessa história, adoro uma boa trama policial. Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...